Criatividade

Netflix prepara série sobre a Revolução Francesa com foco no inventor da guilhotina

12 • 12 • 2018 às 23:19 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Na disputa pelo mercado de streamings, a Netflix vem se tornando uma fábrica de novas séries – seja qual for o tema, estilo ou época, a gigante da internet estará produzindo algo de alta qualidade para contemplar tal nicho. A mais nova produção anunciada é uma série sobre a Revolução Francesa, acompanhando a vida de Joseph Guillotin, o inventor da guilhotina, na investigação de uma série de crimes misteriosos e a descoberta de um vírus desconhecido.

Sede da Netflix na Califórnia, EUA

A série começará em 1787, dois anos antes da Revolução começar. O tal vírus desconhecido se espalhará pela aristocracia francesa após sua descoberta por Guillotin, levando a uma série de assassinatos e, por fim, à rebelião. A série, de produção francesa, foi desenvolvida por Aurélien Molas, e produzida pela John Doe Productions para o Netflix.

Busto de Joseph Guillotin

“Quando discutimos a ideia de revistar a história da França através de uma série de eventos épicos e reveladores, a primeira questão que nos perguntamos foi: Quem iria nos apoiar? A resposta rápida foi: somente a Netflix para tamanha revolução!”, disse Molas junto com François Lardenois, produtor da série. O início da produção está agendado para o ano que vem.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness