Arte

O ano das calamidades: Kanji japonês que representa 2018 significa ‘desastre’

Vitor Paiva - 17/12/2018 às 09:29 | Atualizada em 19/12/2018 às 09:58

Desde 1995 que uma organização nacional, através de uma pesquisa em todo o país, escolhe, no Japão, qual é o Kanji – ou o caractere da língua japonesa – que melhor significa o ano que passou. E a “letra” japonesa escolhida para definir 2018 foi sai, que quer dizer “desastre”. A seleção se refere às calamidades, tanto naturais quanto feitas pela ação humana, que ocorreram.

O líder budista, diante da imprensa, revelando o caractere

Para registrar a escolha, o líder budista Seihan Mori, de um templo Kyoto, escreveu o caractere em uma caligrafia gigante, com 1,5 por 1,3 metros, sobre um tradicional papel washi, como parte de um ritual anua no qual o Kanji escolhido é enfim revelado. No ano passado, para refletir as tensões com a Coréia do Norte, o caractere escolhido significava “norte”.

Para a seleção, um total de 193.214 entradas participaram do processo, e “sai” terminou em primeiro com 20.858 votos.

O caractere selecionado, estilizado

Além dos casos de assédio nos esportes, dos roubos de criptomoedas, as chuvas torrenciais que assolaram o país e o grande terremoto em Hokkaido colocaram a palavra “desastre” como símbolo maior do ano que passou para o Japão – escolha que, se ampliarmos para questões políticas gerais, certamente melhor significa o ano para praticamente o mundo todo.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness