Debate

Papa Francisco indica que Igreja venda bens para ajudar pobres

por: Redação Hypeness

Papa Francisco sugeriu que a Igreja Católica vendesse seus bens para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social. Para o pontífice, a instituição religiosa deve estar “a serviço dos pobres” e que a possível venda não pode ser vista como um “escândalo”.

A fala de Francisco faz parte de uma série de mensagens aos participantes de um congresso sobre gestão de bens culturais eclesiásticos e a cessão de lugares de culto, comandado pelo Pontifício Conselho para a Cultura e pela Conferência Episcopal Italiana (CEI).

“Bens culturais são voltados às atividades de caridade desenvolvidas pela comunidade eclesiástica. O dever de tutela e conservação dos bens da Igreja e em particular dos bens culturais, não tem um valor absoluto, mas em caso de necessidade eles devem servir ao bem maior do ser humano e especialmente a serviço dos pobres”, pontuou.

Francisco diz que a atitude deve ser tomada em caso de emergência

Jorge Bergoglio justifica ainda que a Igreja deve se adaptar aos novos tempos. “Elas [igrejas] não são mais necessárias por falta de fiéis ou padres ou por mudanças na distribuição da população nas cidades e zonas rurais deve ser vista como um sinal dos tempos que nos convida a uma reflexão e nos impõe uma adaptação”.

Contudo, para o líder religioso católico, a atitude deve ser adotada apenas como última opção. “Não deve ser a primeira e única solução”.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Igreja separa José e Maria em jaulas em crítica contra política de imigração