Debate

Surgem novas acusações de abuso sexual contra o médium João de Deus

por: Redação Hypeness

Consultor religioso das celebridades e com uma legião de seguidores nos quatro cantos do mundo, João de Deus viu sua reputação desabar após relatos de abuso sexual. As denúncias foram feitas por mulheres durante o programa Conversa com Bial, da TV Globo.

Depois do 13 primeiros relatos, mais mulheres disseram ter sido abusadas por João de Deus. Uma delas revelou que tinha 15 anos quando foi assediada na Casa Dom Inácio, em Abadiânia, Goiás.

João, de acordo os depoimentos, abusava das mulheres durante atendimentos espirituais. O médium dizia que, segundo as entidades, elas deveriam procurá-lo em um ambiente íntimo. Uma vez sozinhas como ele, as vítimas eram violentadas.

João de Deus é acusado de aproveitar da fama para abusar sexualmente de seguidoras

“Pegava na minha mão para eu pegar no pênis dele. Ele falava: ‘Põe a mão, isso é limpeza. Você precisa dessa limpeza, é o único jeito de fazer isso'”, contou uma mulher que procurou João de Deus para cura espiritual.

A coreógrafa holandesa Zahira Leeneke Maus foi uma das que resolveu mostrar o rosto. Ela tocou no assunto pela primeira vez quatro anos depois do primeiro abuso sexual e apesar de ter recebido críticas, conheceu histórias semelhantes de outras mulheres.

“”Eu sei que tenho sido criticada: ‘Por que você está vindo com a sua história, se ele está curando milhares de pessoas?’ E essa é uma das razões do porquê eu não disse nada. Porque se fosse só eu, eu que engula, porque ele está curando milhares de pessoas, certo? Mas agora eu sei, ele está abusando de centenas de mulheres e meninas”.

Entre as 13 mulheres que denunciaram João de Deus, Zahira foi a única que afirma ter sido estuprada por ele. Outra vítimas contam que foram obrigadas a masturbá-lo, tudo em nome de uma suposta cura.

Zahira diz ter sido estuprada por João de Deus

“Ele me puxou de novo para o banheiro. Um padrão parecido, mas ele deu um passo adiante. Ele me penetrou por trás e, de novo, esses… Eu nem consigo descrever”, explicou.

Promotores de Justiça ressaltam que não é preciso haver penetração para que o assédio seja caracterizado crime. Segundo a legislação penal, o ato sexual compreende qualquer ato que a pessoa faça para a satisfação do seu desejo. Sem consentimento, claro.

João de Deus se manifestou por meio da assessoria de imprensa. “Há 44 anos anos, João de Deus atende milhares de pessoas em Abadiânia, praticando o bem por meio de tratamentos espirituais. Apesar de não ter sido informado dos detalhes da reportagem, ele rechaça veementemente qualquer prática imprópria em seus atendimentos”.

Médium das celebridades

João Teixeira foi apadrinhado por Chico Xavier e fundou a casa Dom Inácio em 1976. Ele já foi visitado por , celebridades como a apresentadora norte-americana Oprah Winfrey, o ex-presidente Lula e a modelo Naomi Campbell.

O médium chegou a ser entrevistado por nomes como Oprah Winfrey

No início da carreira, o médium foi acusado de seduzir uma menina menor de idade, mas acabou absolvido por falta de provas.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Médica disse que meu filho estava morto, mas ele nasceu vivo’, casal denuncia negligência de hospital