Debate

Amado Batista, 67, anuncia namoro com estudante de 19 anos

por: Redação Hypeness

O Amado Batista deixou todo mundo consternado ao anunciar o namoro com uma fã. O cantor de 67 anos está se relacionando com a estudante amazonense Laiza Bittencourt Felizardo, de 19.

Eles se conheceram em um show do artista há cinco meses no interior do Amazonas. A jovem é fã declarada de Amado e ao longo da apresentação foi alvo de uma série de elogios do cantor. O compositor famoso nas décadas de 1980 e 1990 sugeriu que os dois mantivessem contato.

“Ele é uma pessoa incrível, de uma personalidade forte e admirável. Um homem super família e amoroso”, afirmou Layza, que já conheceu a família do artista, em entrevista ao jornal Meio Norte.

A namorada é 48 anos mais nova do que Amado Batista

A notícia abre espaço para uma reflexão sobre a quantidade de homens mais velhos namorando ou casados com mulheres décadas mais jovens.

Caso de Erasmo Carlos, que aos 77 anos de idade, engatou relacionamento com uma moça de 28. O humorista Carlos Alberto de Nóbrega, 82 anos, é outro. Ele se casou em São Paulo com a nutróloga Renata Domingues, de 38 anos.

Por outro lado, é difícil ver mulheres mais velhas acompanhadas de ‘garotões’. Quando isso acontece, como com Susana Vieira, Ana Maria Braga e a própria Fátima Bernardes, são criticadas com veemência.

Erasmo, 77 anos, namora uma mulher de 28

O Blogueiras Feministas publicou um texto refletindo sobre o cenário de diferenças abissais de idade como os casos de Amado Batista, Erasmo Carlos, Carlos Alberto de Nóbrega e tantos outros.

Renata Domingues, 38, se casou com Carlos Alberto de Nóbrega, de 82 anos

“Acreditamos que estando fora de um relacionamento não temos como avaliar completamente as dinâmicas internas. Não acreditamos no poder do intrínseco, de estabelecer que alguma coisa é necessariamente de um determinado jeito. Então, o que propomos é dar informação para que jovens mulheres possam refletir e identificarem se suas relações são abusivas ou não. E, essa informação não passa por criar medo em relação a um estereótipo masculino, mas sim alertar que se você não se sente bem num relacionamento, algo pode estar errado e você tem todo direito de questionar isso”.

Resumindo, não se trata de estigmatizar ou rotular os homens de “aproveitadores” ou “abusadores em potencial”, mas sim de oferecer uma reflexão sobre o lugar ocupado pelas mulheres em uma sociedade machista.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Felipe Neto fala sobre acusações de pedofilia, e ameaças ao ‘Jornal Nacional’: ‘Não imaginei’