Debate

Ator de ‘Roma’ tem visto negado 3 vezes nos EUA e pode ficar fora do Oscar

por: Vitor Paiva

O próprio e duro processo de permissão de entrada em um país como os EUA apresenta certos traços de xenofobia por definição. Alguns casos, porém, ilustram com mais clareza tais preconceitos e, em um momento como o atual – diante de um governo como o atual norte-americano – a xenofobia atávica parece ainda mais direta e frontal.

Que o diga o ator mexicano Jorge Antonio Guerrero, uma das estrelas do filme “Roma”, de Alfonso Cuarón, que não vem participando nos eventos de imprensa do filme nos EUA por um motivo tão simples quanto inacreditável: o visto de entrada no país foi negado a Guerrero por três vezes.

O ator mexicano Jorge Antonio Guerrero

Apesar das 10 indicações que o filme recebeu para o próximo Oscar – incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante -, a negação do visto a Guerrero, que vive o personagem Fermín em “Roma”, agora ameaça a presença do ator na própria cerimônia. O ator já não participou do evento de lançamento do filme e outros prêmios como o Globo de Ouro, no qual “Roma” venceu os prêmios de Melhor Diretor e Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Guerrero em cenas de “Roma”

O ator revelou que em uma de suas tentativas frustradas de conseguir o visto, os oficiais da embaixada americana na Cidade do México concluíram que ele era em verdade um trabalhador procurando emprego nos EUA, e não um ator. Guerrero vem procurando simplesmente que alguém da imigração do país possa ler as cartas de convite, de indicação, de comprovação de seu ofício. Enquanto o tempo correr para o ator, visto que o Oscar acontecerá em menos de um mês, no dia 24 de fevereiro, para tal política norte-americana o relógio parece definitivamente estar andando para trás.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.


X
Próxima notícia Hypeness:
Duda Reis acusa Nego do Borel de estupro de vulnerável e fala sobre agressões; cantor nega