Seleção Hypeness

Calendário dos sonhos: 12 destinos brasileiros para conhecer mês a mês neste 2019

por: Mari Dutra

Publicidade Anuncie

Viajar mais estava nos seus planos para 2019De repente, foi um sinal dos astros dizendo que agora era hora de ir para Lençóis Maranhenses. E quando pinta a vontade de fazer as malas, com a nossa ajuda aqui no Hypeness, você nem precisa se preocupar, já que arrumar a casa e limpar as energias para a virada foi mais do que uma dica. Foi uma necessidade neste 2018, não é mesmo?

Esta Seleção Hypeness vem para te ajudar a decidir destinos fora do óbvio para explorar Brasil afora. Cada mês, um destino. É o calendário dos sonhos do turismo nacional.

Bora arrumar as malas?

1. Janeiro: São Miguel do Gostoso (RN)

Essa coisa linda localizada em pleno Rio Grande do Norte tem um nome que já indica a que veio: São Miguel do Gostoso. Com jeitinho pé no chão, o destino reúne pessoas do mundo todo para velejar e praticar esportes aquáticos, como kite e windsurf.

São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. Foto CC BY 2.0 Otávio Nogueira

2. Fevereiro: Bento Gonçalves (RS)

Apesar de ter início no finalzinho do primeiro mês do ano, a vindima acontece oficialmente em Bento Gonçalves nos meses de janeiro, fevereiro e março. É a época da colheita da uva, que será usada para produção dos vinhos que tornaram a região famosa.

A cidade também ganha uma programação especial que inclui a pisa das uvas, jogos italianos, gastronomia típica e muitas apresentações culturais. Os eventos podem ser conferidos no site oficial da Secretaria de Turismo de Bento Gonçalves.

Vinícola em Bento Gonçalves. Foto CC0 nathsegato

3. Março: Florianópolis (SC)

Curtir o fim do verão em Florianópolis é uma delícia. As praias ficam mais vazias, os engarrafamentos vão se tornando escassos e é tempo de aproveitar o clima ameno no litoral catarinense. Passeie pelas belezas da Ilha do Campeche, visite o badalado entorno da Lagoa da Conceição ou curta o clima português de Santo Antônio de Lisboa.

Florianópolis. Foto CC0 fabiowanderley

4. Abril: Litoral capixaba (ES)

Para pegar praia mesmo fora de temporada, aposte em uma viagem pelo litoral capixaba, onde o tempo costuma estar seco nessa época do ano. Vitória, Vila Velha, Guarapari, Serra e Aracruz são boas pedidas para começar a desbravar o Espírito Santo.

Vista noturna da praia de Marataízes. Foto CC BY-SA 4.0 Rickiperoza

5. Maio: Peirópolis (MG)

Na área rural de Uberaba, você pode fazer uma verdadeira viagem no tempo. Lá encontra-se um Museu dos Dinossauros, um Centro Paleontológico de Pesquisas e também trilhas e cachoeiras. A região tornou-se conhecida justamente por causa dos lagartões: fósseis destes animais foram descobertos em seu solo nos anos 40. Diversão garantida para crianças e adultos. Saiba mais sobre os atrativos no site da Prefeitura de Uberaba.

Réplica em tamanho real de um Titanossauro, em Peirópolis. Foto CC BY-SA 3.0 Andre Borges Lopes

6. Junho: Parque Nacional de Ubajara (CE)

Localizado nos municipios de Ubajara, Tianguá e Frecheirinha, o Parque Nacional de Ubajara oferece tudo para os amantes de ecoturismo. Tem trilhas, mirantes, grutas, cachoeiras e um teleférico com vistas incríveis do entorno.

Junho é um bom mês para a visitação, quando o movimento se torna menos intenso e as temperaturas são amenas, com máximas em torno de 24ºC. Se preferir uma estação mais quente, a dica é viajar nos meses de agosto a novembro.

Gruta de Ubajara. Foto CC BY 2.0 Otávio Nogueira

7. Julho: Jalapão (TO)

No coração do Tocantins, o Parque Estadual do Jalapão é um prato cheio para quem curte estar cercado de natureza. Vista uma roupa confortável e explore as belezas que incluem piscinas naturais, cachoeiras, trilhas e atividades como caminhadas e canoagem.

A estação seca vai de maio a setembro. Nos outros meses, as temperaturas podem ser mais agradáveis ao longo do dia, mas será que você quer mesmo correr o risco de uma chuva atrapalhar sua viagem?

8. Agosto: Rota das Emoções

Dos Lençóis Maranhenses (MA) a Jericoacoara (CE) fica a chamada Rota das Emoções. Mais vazio em agosto devido ao fim das férias escolares, o roteiro está em seu auge, com um clima propício para curtir as praias e preços mais em conta. Vale curtir uns dias nos Lençóis Maranhenses e contratar a excursão com uma empresa local ou alugar um veículo, visto que a rota deve ser percorrida em 4×4.

Lençóis Maranhenses. Foto CC BY-SA 4.0 Julius Dadalti

9. Setembro: Alter do Chão (PA)

O jornal O Estado de S. Paulo elegeu Alter do Chão, em Santarém, como um dos 10 melhores destinos para visitar em 2019. Com apenas seis mil habitantes, a vila conta com praias de águas doce às margens do Rio Tapajós. Imperdível.

Para conhecer tanta beleza, a dica é viajar entre agosto e novembro, quando as águas baixam e as praias dão as caras. Em setembro, acontece a Festa do Sairé e a orla lota de gente e de animação.

Alter do Chão. Foto CC BY 2.0 Arakin Monteiro

10. Outubro: Brotas (SP)

Turismo de aventura pertinho de São Paulo tem nome: Brotas. Tirolesa, rafting, cachoeiras e muitas atrações para quem não perde uma oportunidade de estar em contato com a natureza. Se isso não parece suficiente, reserve um tempinho para visitar a nascente de águas cristalinas cujas areias possuem um som único.

Rafting em Brotas. Foto CC BY-SA 3.0 Sofia Prado

11. Novembro: Belém (PA)

Destino queridinho dos amantes da gastronomia, Belém do Pará reserva milhares de opções de sucos em cada barraquinha e o seu mercado Ver-o-Peso é um verdadeiro paraíso dos sabores. Quando cansar de comer, é tempo de desbravar a arquitetura conservada do centro histórico da cidade.

Estação das Docas, em Belém. Foto CC BY-SA 3.0 Cayambe

12. Dezembro: Itacaré (BA)

Praia, cachoeira, mata atlântica e esportes de aventura convivem em harmonia em Itacaré, no sul da Bahia. Leve muita disposição, pois as praias mais bonitas são justamente aquelas mais distantes do centro, que só podem ser acessadas após uma trilha (de dificuldade baixa a moderada). Leia mais sobre o destino no blog Vamos pra Onde?.

Praia em Itacaré. Foto CC BY 2.0 Carlos Luz

Publicidade Anuncie


Mari Dutra
Depois de viver na Argentina, na Irlanda e na Romênia, percebeu que poderia carimbar o passaporte mais vezes caso trabalhasse remotamente. Escreve para o Hypeness desde 2014 e conta suas experiências como viajante consciente através do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Trem turístico brasileiro ganha vagão com varanda panorâmica