Ciência

Com o aquecimento global, ondas estão cada vez maiores. E isso é um problema enorme

por: Vitor Paiva

O barulho das ondas quebrando e um mergulho em mares de águas quentes é para a maioria de nós garantias de momentos de prazer e deleite. Para um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia Santa Cruz, o resultado é justamente o contrário, e tal cenários os traz profunda preocupação.

A primeira análise sistemática da energia das ondas no planeta realizada por tais pesquisadores conecta diretamente o aumento na temperatura dos oceanos com um aumento equivalente na força das ondas.

Tal conclusão coloca em especial preocupação o futuro da costa dos países, e com isso as cidades e comunidades que vivem em tais costas. De acordo com a pesquisa, a força das ondas aumentou em 0.4% em média desde 1948. O aumento significa uma ameaça muito maior de erosão e alagamentos para tais comunidades nas costas.

A longo prazo, tal ameaça pode ser maior do que o aumento no nível dos oceanos – outra ameaça provocada pelo aquecimento global.

A pesquisa é mais um dos tantos indicativos dos efeitos nocivos que as mudanças climáticas nos trazem a partir de poluentes ações humanas. A força das ondas é também um termômetro para a gravidade de tais efeitos – e mais um incentivo para que a humanidade passe a trabalhar contra sua maior ameaça em todos os tempos: suas próprias ações.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Quem é Atila Iamarino e por que você deve prestar atenção ao que ele está dizendo