Debate

Felipe Neto bane MC Melody de seu canal por apelo sexual após notificar pai da cantora

por: Redação Hypeness

Felipe Neto comunicou em sua conta no Twitter o banimento de MC Melody de seu canal. A justificativa do youtuber suscita um assunto importante, a hipersexualização infantil.

Neto criticou o pai da cantora, que segundo ele, insiste em sexualizar uma menina de apenas 11 anos de idade. A postura foi interpretada como uma evolução de Neto, que no passado publicava vídeos de ‘reações’ aos clipes da pré-adolescente.

“Galera, infelizmente, a Melody está banida do meu canal. Havia informado ao seu pai que não faria mais ‘react’ enquanto ela fosse sensualizada. Ele me prometeu que ia mudar, mas só piorou. E piorou muito. Ela tem 11 anos. ONZE. E eu tive que censurar uma foto para poder exibir. Se essa é a roupa que ela vai usar o clipe inteiro, vou ter que botar ‘blur’ (método que borra a imagem) no clipe inteiro. Tá tipo o decote da Lady Gaga. Ela tem 11 anos, cara. Eu não vou mostrar, não tem como”, pontuou.

Neto acusa pai de hipersexualizar MC Melody

Essa não foi a primeira vez que MC Melody e o comportamento adotado por sua equipe causam incômodo. Em 2015, o Ministério Público de São Paulo chegou a investigar o que classificou como “forte conteúdo erótico e de apelo sexual” no trabalho da MC.

Por causa da pressão o pai, MC Belinho, teve que se adaptar, manter a filha estudando e longe das casas de shows. Pouco tempo depois, Melody retomou suas apresentações e pesou novamente na hipersexualização nas redes sociais.

Em conversa com o UOL, MC Belinho se disse surpreso com anúncio público do banimento feito por Felipe Neto. “Mas já que ele quer banir, pode banir os 150 milhões de visualizações que geramos para o canal dele. É muito fácil, para a gente não vai fazer diferença nenhuma”, deu o recado.

Neto tomou cuidado para não culpar Melody pela situação

Felipe Neto publicou uma sequência de fotos para mostrar que Melody estava sim sendo sexualizada. Tinha até uma imagem dela ‘sensualizando’ apenas de sutiã. No entanto, o youtuber ressaltou que a cantora era vítima da postura de terceiros.

“Eu quero lembrar a todos, por favor, a Melody é uma criança, uma menina ingênua que não faz a menor ideia de tudo isso que acontece. Ela é um doce de criança. Veio aqui ano passado e me trouxe um desenho q ela fez de mim. Por favor, não maltratem ela. Ela não tem culpa de nada”.

Criança é criança e ponto

O Brasil recebe todos os dias mais de 50 denúncias de abuso sexual infantil. O Disque Direitos Humanos demonstra que 70% das vítimas são crianças e adolescentes, entre 8 e 15 anos. 62% dos abusadores, adultos entre 18 a 40 anos.

Entre 2012 e 2016, o Disque 100 recebeu por volta de 53,1 mil denúncias de abuso, exploração ou violência sexual contra crianças e adolescente. Média de 513 vítimas a cada 24 horas. Pornografia infantil, turismo e estupro são alguns dos casos frequentes.

 

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Por que Trump pode estar interessado em comprar a Groenlândia