Futuro

Harley Davidson elétrica atinge 100 km/h em 3,5 segundos. E chega às lojas em 2019

por: Vitor Paiva

Mesmo as mais sólidas tradições estão sujeitas a se transformar aos ares do tempo – e pra melhor. A mais icônica motocicleta já feita, conhecida como um ruidoso símbolo de velocidade e estilo (e, em paralelo, consumo de combustível fóssil e poluente) virá em uma versão completamente elétrica: a Harley Davidson anunciou que a LiveWire, sua moto-conceito elétrica, estará à venda em agosto.

O projeto, iniciado em 2014, estava anunciado para 2021, mas os avanços tecnológicos não só o melhoraram como adiantaram seu lançamento em dois anos. O modelo elétrico da Harley não deve em nada aos motores tradicionais: capaz de percorrer cerca de 177 quilômetros com uma só carga, a LiveWire alcança em torno de 100 km/h em 3,5 segundos. Por ser elétrica, ela não tem embreagem nem marchas, o que facilita em muito o sonho de dirigir uma Harley Davidson para os neófitos.

Um porém do modelo para os aficionados seria sem dúvida a ausência de uma das mais importantes assinaturas da marca: o indefectível e tradicional ronco do motor, que não acontece em sua versão elétrica.

Segundo a nota oficial da empresa sobre o lançamento, um novo e futurista som – como um assovio robótico e agudo – se tornará também assinatura do novo modelo da Harley.

A LiveWire informa ao motoqueiro não só a carga da bateria, como sua exata localização através de um GPS. O ronco do motor pode até não estar lá, mas a velocidade e principalmente o estilo seguem como traços essenciais de uma verdadeira, ainda que repaginada e adaptada ao contemporâneo, Harley Davidson.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Irmãos do interior de SP são destaque em olimpíadas de conhecimento