Futuro

Na contramão do mundo, Canadá quer receber mais 1 milhão de imigrantes

por: Vitor Paiva

Publicidade Anuncie

Enquanto boa parte do mundo flerta com a xenofobia ou a pratica abertamente diante da crise dos refugiados, o Canadá segue no caminho contrário de tal tensão sombria para anunciar que pretende receber mais de um milhão de imigrantes nos próximos três anos. Em 2017 o país, um dos melhores em qualidade de vida no mundo, recebeu 280 mil novos residentes, e em 2019 o número deve chegar a 350 mil.

A cidade de Toronto

A renovação da população canadense e a atração de profissionais talentosos são o mote da abertura do país para refugiados e imigrantes, conforme afirma o Relatório Anual de 2018 a respeito da imigração. “Sob este plano, o Canadá receberá mais funcionários talentosos com as habilidades e conhecimento de que nossa economia precisa, reunirá mais membros à família e acomodará mais refugiados que buscam novas vidas”, afirma o documento.

Vancouver, no Canadá

Segundo Ahmed Hussen, Ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania, assim como aconteceu nos EUA é justamente a chegada dos refugiados que fizeram do Canadá o grande país que é ao longo de sua história. “Graças aos recém-chegados que recebemos em toda a nossa história, o Canadá se transformou no país forte e vibrante de que todos gostamos”, afirmou o ministro, que é imigrante da Somália. O movimento do país visa conter a alta população idosa e o declínio da taxa de natalidade do Canadá.

Publicidade Anuncie


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Criaram uma garrafa totalmente biodegradável, na água, na areia ou na lata do lixo