Inspiração

Pelo direito de entrar em templo, mulheres indianas formam barreira humana de 620 km

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Mulheres indianas protagonizaram uma cena de coragem e inspiração. Em nome da igualdade, elas formaram uma barreira humana de 620 km.

A manifestação acontece por causa das represálias sofridas depois delas terem entrado em um templo que por séculos esteve banido ao sexo feminino. O protesto ocorreu em Kerala, no sudeste da Índia.

Bindu e Karnaka Dung entraram em um templo hindu de Sabarimala. Quando souberam da visita, religiosos ‘purificaram’ o lugar, anunciando que ele permaneceria fechado por dois dias, em protesto com a atitude da dupla.

Em nome da diversidade e contra o machismo

A entrada de mulheres em idade reprodutiva ao templo é uma postura adotada há séculos. Apenas maiores de 50 anos podem permanecer dentro do espaço de culto à divindade conhecida como Lord Ayyappa, um celibatário. Bindu e Karnaka possuem 40 anos.

A proibição é motivada pela crença de que mulheres podem colocar a divindade em tentação. O banimento chegou a ser revisto pela Suprema Corte da Índia, o que provocou a revolta de setores conservadores.

No últimos três meses, cresceram o número de confrontos por causa da decisão. As mulheres, por sua vez, tentam exercer o direito reconhecido pelo judiciário indiano.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Existe sexo incrível a longo prazo?