Sessão Hype

Streaming, no cinema ou na TV: Onde encontrar e assistir aos filmes do Oscar 2019

por: Janaina Pereira

Publicidade Anuncie

No dia 24 de fevereiro acontece a 91ª edição do Oscar, o prêmio mais popular do cinema. Ao contrário das últimas edições, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood apostou em temáticas diversificadas, o que inclui o primeiro filme de super-heróis (Pantera Negra), e o primeiro longa de uma empresa de streaming (Roma, produção da Netflix) indicados à estatueta dourada.

Mas como fazer para ver os indicados ao Oscar? Fiz uma lista com os locais onde você pode assistir aos principais concorrentes. Escolha os seus preferidos e bom filme!

1. Filmes do Oscar em streaming

‘Roma’

Indicado a 10 Oscars, incluindo melhor filme, filme estrangeiro, diretor (Alfonso Cuáron), atriz (Yalitza Aparicio) e atriz coadjuvante (Marina De Tavira). Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza do ano passado, o longa remete as lembranças da infância do cineasta Alfonso Cuáron no México dos anos 1970. É a primeira produção da Netflix a concorrer ao Oscar, e um dos favoritos aos principais prêmios. Está disponível no canal de streaming desde 14 de dezembro, quando também ganhou algumas sessões gratuitas em cinemas de São Paulo e do Rio de Janeiro. Atualmente a Netflix está programando exibições do filme, em sessões únicas, em outras cidades brasileiras. Para saber onde assistir no cinema, acesse aqui.

‘The Ballad of Buster Scruggs’

Com três indicações, era a aposta inicial da Netflix ao Oscar quando foi lançado no Festival de Veneza 2018, onde ganhou o prêmio de melhor roteiro. O longa dos irmãos Coen é uma antologia de faroeste em seis partes, onde cada capítulo conta uma história distinta e independente. Já disponível no canal de streaming desde novembro.

2. Filmes do Oscar 2019 nos cinemas

‘A Favorita’

Indicado a 10 Oscars, incluindo melhor filme, diretor (Yorgos Lanthimos), atriz (Olivia Colman) e atriz coadjuvante (Emma Stone e Rachel Weisz). Vencedor da Coppa Volpi de melhor atriz (Colman) e Grande Prêmio do Júri no Festival de Veneza do ano passado, narra as manipulações e relações tendenciosas que acontecem no reino da rainha Anne, na Inglaterra do século 18. Forte candidato aos principais prêmios, estreia nesta quinta, 24 de janeiro.

‘Infiltrado na Klan’

Indicado em sete categorias, incluindo melhor filme, diretor (Spike Lee) e ator coadjuvante (Adam Driver). É a primeira indicação de Lee, um dos mais influentes cineastas americanos, ao Oscar de direção. Baseado em história real, narra como um policial negro conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan. Ganhou o Grande Prêmio do Júri do Festival de Cannes 2018, e estreou nos cinemas brasileiros em novembro.

‘Vice’

Com oito indicações, incluindo melhor filme, diretor (Adam McKay) e ator coadjuvante (Sam Rockwell), é o favorito na categoria de ator, com Christian Bale. Ele interpreta o vice-presidente americano Dick Cheney, um dos homens mais influentes do mundo na Era Bush. Bale – ganhador do Oscar de ator coadjuvante em 2011 por “O Vencedor” – vem conquistando todos os prêmios desta temporada. O filme estreia no dia 31 de janeiro.

‘Green Book – O Guia’

Indicado a cinco Oscars, incluindo melhor filme, ator (Viggo Mortensen) e ator coadjuvante (Mahershala Ali). Vencedor do Festival de Toronto, do Globo de Ouro e do prêmio do Sindicato dos Produtores de Hollywood (considerado o melhor termômetro do Oscar). O longa se passa nos anos 1960 e conta a história real de um ítalo-americano que se torna motorista de um conceituado músico negro. Juntos, partem em uma viagem pelo sul dos EUA, em uma época de violenta segregação racial. Estreia nesta quinta, dia 24 de janeiro.

‘Bohemian Rhapsody’

Concorre a cinco Oscars, incluindo melhor filme e ator (Rami Malek), categorias em que venceu o Globo de Ouro no início de janeiro. A cinebiografia de Freddie Mercury, vocalista do Queen, esteou nos cinemas em outubro do ano passado, e retornou à telona este ano devido ao grande sucesso de público. Malek é o mais forte adversário de Christian Bale na disputa pela estatueta dourada de ator.

‘Se a Rua Beale Falasse’

Com três indicações ao Oscar, é o favorito na categoria de atriz coadjuvante, graças a interpretação de Regina King. Novo filme de Barry Jenkins, diretor de “Moonlight: Sob a Luz do Luar” (vencedor do Oscar em 2017). Ambientado no Harlem da década de 1970, conta a história de amor de um casal afro-americano que se separa depois que o rapaz é acusado de um crime que não cometeu. Estreia no dia 7 de fevereiro.

‘Guerra Fria’

Com três indicações, é a grande surpresa do Oscar. O cineasta polonês Pawel Pawlikowski ganhou o prêmio de direção no Festival de Cannes do ano passado, categoria em que também foi indicado à estatueta dourada. Em 2015, ele ganhou o Oscar de filme estrangeiro com Ida. Dessa vez, Pawlikowski conta uma história de amor que se passa durante a Guerra Fria, entre um músico amante da liberdade e uma jovem cantora, ambos com histórias e temperamentos completamente diferentes. Estreia no dia 7 de fevereiro.

‘A Esposa’

Indicado ao Oscar de melhor atriz com Glenn Close, que é a favorita ao prêmio. É a sétima indicação de Close, que nunca ganhou a estatueta. Na trama, ela interpreta uma aparentemente submissa esposa, que questiona suas escolhas ao acompanhar seu marido, um escritor famoso, a uma viagem para que ele receba o Nobel de Literatura. Já em cartaz nos cinemas brasileiros.

‘Cafarnaum’

Indicado na categoria de filme estrangeiro, é o terceiro longa da atriz, roteirista e diretora libanesa Nadine Labaki. A história se passa em Beirute, entre guetos e cortiços, onde o menino Zain, de 12 anos, foge de casa depois que os pais abusivos vendem uma de suas irmãs. Em seu caminho nas ruas pobres da cidade ele acaba sendo acolhido pela refugiada Rahil, e recorre aos tribunais para processar seus pais. Vencedor do Prêmio Especial do Júri do Festival de Cannes 2018, já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

‘Assunto de Família’

Indicado ao Oscar de filme estrangeiro, ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2018. O cineasta japonês Hirokazu Kore-eda, muito popular nos festivais de cinema, é conhecido por abordar temas familiares em suas produções. Dessa vez ele aponta para uma família pobre, que comete pequenos furtos e, mesmo diante das dificuldades financeiras, acolhe uma menina vítima de maus tratos. Já está em cartaz nos cinemas.

3. Filmes do Oscar 2019 por compra avulsa e TV por Assinatura

‘Nasce uma Estrela’

Indicado a oito Oscars, incluindo melhor filme, ator (Bradley Cooper) e atriz (Lady Gaga), é favorito na categoria canção original com “Shallow”, composta por Gaga. Quarta versão da história de uma jovem cantora que se apaixona por um ídolo country, estreou nos cinemas em outubro, e ainda pode ser visto em diversas salas do país, mas também está disponível no Now (Net) em pré-lançamento.

‘Pantera Negra’

Com sete indicações, incluindo melhor filme, é a primeira história de super-heróis a concorrer nesta categoria, e grande favorito aos prêmios técnicos. O herói da Marvel em seu filme solo é apresentado como T’Challa, que regressa à isolada Wakanda e é testado enquanto rei e Pantera Negra, para salvar seu povo e o planeta. Já disponível no Now (Net) e no canal Telecine, foi uma das maiores bilheterias do cinema mundial em 2018.

‘Ilha dos Cachorros’

Indicado nas categorias animação e trilha sonora original, o stop-motion do cineasta Wes Anderson se passa no Japão, onde um político corrupto aprova uma lei que proíbe a presença de cachorros na cidade de Megasaki. Um menino de 12 anos se recusa a ficar longe do seu cachorro, e parte em uma aventura para resgatá-lo. Vencedor do Urso de Prata de melhor diretor do Festival de Berlim 2018, está disponível no Now (Net).

Publicidade Anuncie

Divulgação


Janaina Pereira
Jornalista e publicitária. Especializada em cultura - principalmente cinema - e gastronomia. Desde 2009 cobre os principais festivais da sétima arte, como Veneza, Cannes, San Sebastian, Berlim, Rio e Mostra Internacional de São Paulo. Participou dos livros "Negritude, Cinema e Educação" (escrevendo sobre o filme "Preciosa", de Lee Daniels) e "Guia de Restaurantes Italianos" (escrevendo sobre 45 restaurantes ítalo-brasileiros de São Paulo).

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Livro derivado de ‘Stranger Things’ vai revelar segredos da série