Debate

TV diz que Amazon destrói 3 milhões de produtos novos todos os anos

por: Redação Hypeness

Anualmente, a Amazon destrói 3 milhões de produtos. De acordo com a TV francesa M6, a gigante norte-americana de comércio on-line toma essa atitude diante de itens que não são vendidos ou devolvidos todos os anos.

Um jornalista do canal francês conseguiu ser contratado como auxiliar administrativo no almoxarifado de um dos armazéns da Amazon para denunciar os métodos adotados pela empresa. Fraldas, máquinas de café, televisores, brinquedos e máquinas de lavar roupa, todos são destruídos.

Segundo a reportagem, existe uma cláusula de contrato entre a Amazon e os prestadores de serviço terceirizados. Em caso de não-venda, devolvam ou destruam os produtos. Não importa se sejam novos.

A empresa é acusada de violar códigos ambientais

Embora cause revolta, a prática não é ilegal. O problema é com a conservação ambiental. Os produtos descartados pela Amazon são jogados em incineradores e aterros, aumentando os riscos de um desastre ecológico.

A companhia norte-americana já foi denunciada pela associação Amigos da Terra. Ano passado, o grupo abriu processo na Diretoria Geral de Concorrência, Consumo e Repressão a Fraudes (DGCCRF) contra o que classificou de “práticas comerciais enganosas”.

A Amazon disse ter políticas para doações de produtos sem uso

A TV francesa diz que se somados, os armazéns da Amazon descartam por volta de 3 milhões de produtos todos os anos. A sucursal francesa da Amazon declarou estar se esforçando para “minimizar o número de produtos devolvidos por seus clientes, tanto em seu interesse como no deles. Para produtos que não podem ser revendidos, trabalhamos com organizações como Doações e Bancos de Alimentos para doar para pessoas necessitadas”, finaliza.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Relato denuncia política racista do Facebook contra funcionários negros