Debate

Vídeo registra brasileiros sendo agredidos em Londres por falarem português

por: Redação Hypeness

Em meio ao clima tenso gerado pela votação da saída do Reino Unido da União Europeia, um casal de brasileiros foi agredido por falar português em Londres. Os dois estavam caminhando tranquilamente pela ruas da cidade em que viviam há uma semana, quando foram surpreendidos por uma mulher aos berros.

O caso aconteceu no bairro de Notting Hill e as agressões foram gravadas e divulgadas no Facebook pelea maquiadora Natália Rossini, que deu detalhes do caso na rede social. A jovem conta que o ataque aconteceu pois a inglesa se sentiu “intimidada porque o grupo falava português”.

“Hoje fomos atacados por uma mulher descontrolada porque andávamos na rua falando em português. Eu, meu marido e um amigo nosso, brasileiros nativos [estávamos] falando nossa língua, ela veio gritando que era para nós pararmos de falar nossa língua nativa enquanto estivesse no ‘país dela’”, narrou a maquiadora no Facebook.

Os dois registraram queixa contra a agressora

As imagens mostram a mulher com uma espécie de colar com a bandeira britânica no pescoço e um cachorro. Ela agride os dois com tapas e socos, enquanto não para de gritar frases xenófobas.

“Vocês estão em Londres. Quando estou no Brasil, falo ‘brasileiro’”, disse ela, que garante ter muitas posses no Rio de Janeiro.

Gabriel Amorim, marido de Natália, explicou ao jornal Extra que chegou a sorrir para o animal da britânica quando foram surpreendidos pelos berros. “Estavam desrespeitando a Inglaterra”, afirmou a senhora.

Casos de xenofobia e racismo subiram mais de 50% desde o Brexit

“Ela disse que estava se sentindo em perigo porque a gente estava falando nossa língua nativa enquanto andávamos atrás dela”, conta Gabriel, que tomou um soco no peito.

Natália Amorim tem passaporte europeu e Gabriel tirou visto britânico. Os dois se mudaram para a Inglaterra há uma semana e estão procurando emprego. A dupla registrou queixa na Scotland Yard – polícia metropolitana de Londres e o caso será analisado pela delegacia local.

“Para mim, isso tem bastante a ver com o Brexit. É o caso de uma pessoa ignorante, que não consegue aceitar que a rua não é um espelho da vida dela”, explicou Gabriel.

Embora Londres seja uma cidade conhecida pela diversidade de bairros como Camden Town, Soho e Piccadilly Circus, a capital britânica atravessa uma crise de xenofobia, que resultou na aprovação do Brexit.

Desde a implementação do referendo sobre a permanência na União Europeia (UE), autoridades britânicas registraram aumento de mais de 50% nos casos de xenofobia e racismo. O Brexit foi aprovado por 51,9% dos votos.

“É muito preocupante, eu ouvi de alguns amigos que estavam no trem e, de repente, uma pessoa ao lado disse para eles: ‘vão para casa e façam suas malas’”. Citando o referendo, a polonesa afirma, “se alguém tinha um pingo de atrocidade, agora ele aflorou”, declarou à DW Joanna Ciechanowska, polonesa e diretora de uma galeria de arte no centro de Londres.

 

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Video game coloca jogadores no lugar de Jesus Cristo e gera controvérsia