Ciência

5 motivos que podem estar por trás do seu suor enquanto dorme

por: Vitor Paiva

Nosso corpo se comunica conosco o tempo todo, e pequenos ou imensos sintomas nos apontam variações, novidades ou problemas que o corpo possa estar atravessando. E mesmo reações corporais saudáveis e normais, quando sofrem alterações podem significar necessidades específicas para nosso corpo.

É o caso do suor noturno que, em uma medida normal é simplesmente o corpo controlando nossa temperatura, mas que em casos extremos pode apontar outros motivos. A sudorese noturna extrema merece nossa atenção, e por isso separamos aqui 5 motivos que podem estar por trás de tal transtorno.

1. Menopausa

As ondas de calores extremos são um dos mais comuns sintomas da chegada da menopausa em mulheres. É sinal de que o período fértil está chegando ao fim, e a irregularidade dos hormônios nesse momento pode provocar suores noturnos extremos.

2. Ansiedade

Tensão, nervosismo e muitas vezes quadros de insônia acompanham quadros de ansiedade, que podem nos despertar encharcados no meio da noite. Para começar a melhorar tal quadro é fundamental acompanhamento terapêutico.

3. Hipoglicemia

A sudorese noturna pode ser provocada pela falta de açúcar no sangue. Para diabéticos o sintoma pode ser habitual, visto que durante o sono naturalmente o período sem recebimento de insulina se torna mais longo.

4. Infecções

Muitas infecções podem causar suor noturno, das mais simples às mais complexas, e vale a visita ao médico para retirar qualquer dúvida. Normalmente tais casos são acompanhados de outros sintomas, como febres ou perda de peso.

5. Distúrbios de sono

Quem sofre de insônia ou apneia pode apresentar a sudorese noturna como acompanhamento de tal mal. É normal, nesses casos, despertar no meio da noite encharcado, e apresentar dificuldade para se voltar a dormir.

Outras doenças mais graves também podem apresentar o suor extremo ao longo da noite como uma das reações corporais, mas naturalmente que diversos outros sintomas mais extremos precisam acompanhar o fenômeno para que tal preocupação seja real. Em todo caso, se a sudorese noturna extrema se tornar um quadro frequente, a visita ao médico se torna fundamental.

Há, porém, uma série de medidas fáceis para evitar tal questão – como usar roupas mais leves para se dormir, assim como lençóis e cobertas mais leves, a manutenção da temperatura do quarto, e diminuir o consumo de alimentos picantes, cafeína, álcool e cigarro antes de dormir – e boa noite.

Muitas pessoas não podem nem pensar em situações de nervosismo que já começam a suar. Tensão, ansiedade e aí você já sabe: o resultado é suadeira pelo corpo. Quer proteção? Então, experimente o Rexona Clinical. Ele protege 3 vezes mais do que os antitranspirantes comuns.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Um dos maiores animais voadores da pré-história é descoberto no Canadá