Debate

A morte de um cachorro choca mais do que o assassinato de jovens negros?

por: Redação Hypeness

O Brasil presenciou, mais uma vez, outra cena de violência brutal. Um jovem negro foi morto por um segurança diante de clientes e das câmeras de seus celulares. O caso aconteceu em uma unidade do Extra, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Pedro Henrique Gonzaga tinha 25 anos e segundo o segurança Davi Ricardo Moreira, teria tentado roubar a arma do homem. Ricardo, que matou o garoto com o peso do próprio corpo, foi liberado pela Delegacia de Homicídios depois de pagar fiança.

Mais um jovem negro morto aos olhos dos brasileiros

O caso chama a atenção pela falta de repercussão. O assassinato de um jovem negro chocou menos que a morte de um cachorro no Carrefour, em São Paulo. Não se trata de diminuir o óbito do animal, no entanto, como um segurança que tira a vida de uma pessoa com um mata-leão pode responder pelo crime em liberdade?

Foi tudo filmado. Algumas pessoas pediram para que ele parasse. Ninguém tomou uma atitude efetiva.

“Está desmaiado, não está não?”, diz uma cliente. “Está sufocando ele”. “Ele está com a mão roxa”, afirmam duas pessoas. O supermercado Extra lamentou o ocorrido. Os protestos ficaram nas costas de alguns ativistas negros, que invadiram unidades da rede pelo país exigindo o direito do negro de viver.

Ser negro é crime?

Rio de Janeiro, São Paulo e Recife foram palcos de manifestações. Cartazes ostentavam frases que ecoam, “vidas negras importam” e “minha cor não é um crime” foram colados na grade de proteção do local.

Davi está solto. A equipe de defesa afirma que “não é possível afirmar que se tratou de asfixia”. O autor do homicídio sequer tinha autorização para o exercício da profissão. Em 2017, foi condenado a três meses de prisão em regime aberto por lesão corporal depois de agredir a ex-companheira.

Será que a morte de um cachorro comove mais que o assassinato de um jovem negro? #ACarneMaisBarataDoMercado.

Publicidade

Fotos: fotos 1 e 3: Reprodução/foto 2: Ana Paula Souza/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Desigualdade bate recorde no Brasil, aponta novo estudo da FGV