Arte

Diretor de ‘Senhor dos Anéis’ está fazendo documentário dos Beatles com imagens inéditas

por: Vitor Paiva

A história dos Beatles é a mitologia de base para todas as bandas de rock ao longo da história. A trajetória da banda de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr serve ainda hoje como parâmetro e referência maior, com todas as suas curvas, conquistas, revoluções e brigas, para bandas desde então – e, como toda grande história, esse épico também teve seu fim. É o período que antecede o ponto final dos Beatles que será contado em um novo documentário, ainda em produção, dirigido por Peter Jackson, diretor da saga “O Senhor dos Anéis”.

A banda no estúdio à época da gravação de Let It Be

O filme será realizado a partir de mais de 55 horas de filmagens inéditas, captadas durante a gravação do disco Let It Be, que viria a ser o último trabalho lançado pela banda de Liverpool. As imagens foram filmadas por Michael Edward Lindsay-Hogg ao longo do mês de janeiro de 1969, e serviram de base para o documentário Let It Be, lançado em 1970. O filme inclui a icônica última apresentação ao vivo dos Beatles, ocorrida há exatos 50 anos, no telhado do prédio da gravadora da banda, Apple, em Londres.

Os Beatles em cena do documentário original, Let It Be

O documentário de 1970 tinha como propósito se tornar um especial para TV que mostraria o processo de gravação da maior banda do mundo. O clima tenso entre os quatro músicos acabou por transformar Let It Be em um amargo registro sobre o processo de fim da banda. Para Jackson, o novo filme visa desmistificar esse período na história. “Fiquei aliviado quando descobri que a realidade é bem diferente do mito. Claro, tiveram momentos de drama, mas nada próximo à fama de briga associada ao projeto”, disse o premiado diretor.

Paul McCartney durante as gravações, em 1969

O material no qual o novo filme de Jackson se baseará inclui, além das “sobras” do doc original, também 140 horas inéditas de áudios, e o objetivo do diretor é ambicioso: sua ideia é oferecer aos fãs a experiência de proximidade “que eles sempre sonharam, como uma máquina do tempo que nos leva de volta a 1969, e nos deixa entrar no estúdio para assistir enquanto esses quatro amigos fazem música boa juntos”. O filme, já em produção, ainda não tem data de estreia nem título, mas contará com a participação de Paul McCartney, Ringo Starr, a viúva de John Lennon, Yoko Ono, e Olívia Harrison, viúva de George – além da expectativa sempre ávida dos bilhões de fãs dos Beatles.

O último show da banda, no telhado da Apple, em Londres

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Instagrafite cria ‘circuito do spray’ para aniversário de São Paulo