Sustentabilidade

Eduardo Marinho sobre Brumadinho: ‘Era previsto. As mineradoras dominam o poder público’

por: Vitor Paiva

O artista brasileiro já é figura conhecida aqui no Hypeness – trazendo desde seu trabalho contestador e sua incrível história de vida até sua sempre interessante opinião sobre assuntos diversos, como o natal e outros tabus sociais. Dessa vez foi o canal Cabeça Hare que se encontrou com Marinho para conversar sobre um dos mais duros e trágicos temas atuais: a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, onde uma barragem da Vale do Rio Doce arrebentou, matando até agora 134 pessoas. Os números de vítimas, infelizmente, crescem todos os dias.

Para Marinho, o crime ambiental era previsto, já que essa barragem estava na lista de locais ameaçados de rompimento. O lobby das mineradoras, porém, vêm vencendo a luta por impedir ou amenizar esse tipo de exploração. “A mineradora chega numa cidade, investe no poder legislativo, começa a financiar campanhas, domina o poder público, o município cai na dependência econômica da mineradora e ela domina a área”, ele diz. “Quando acontece essas tragédias, a própria população defende a mineradora pois dependem dos empregos que ela gera”.

Para Marinho, trata-se do poder econômico se colocando acima do poder político – o dinheiro se sobrepondo às necessidades e ao que é melhor para o povo. No vídeo o artista também lembra que as mineradoras são “produtoras do lixo mais tóxico de toda indústria”. “Eles matam os mananciais, tem venenos terríveis para a natureza, e não têm escrúpulos de deixar isso escapar”. Marinho teve no Rio Doce, também destruído pelo rompimento de uma barragem, onde fez um trabalho.

Vale a pena ver o vídeo e refletir junto – e lamentar os horrores da ação humana sobre a natureza.

Publicidade

© fotos: reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nike lança seu clube de assinaturas de tênis infantis