Cobertura Hypeness

Engenheiro brasileiro da Nasa vê homem ainda longe de Marte: ‘Como vamos produzir comida?’

por: Rafael Oliver

Publicidade Anuncie

 Começou a Campus Party Brasil, o principal acontecimento tecnológico realizado anualmente no Brasil. Milhares de pessoas estão reunidas para colaborar,  aprender e trocar informações sobre os principais assuntos relacionados à tecnologia.  Entre as atividades desenvolvidas, estão palestras, debates, competições e oficinas que buscam analisar e conhecer as tendências do universo da inovação. 

É uma verdadeira imersão. Doze mil pessoas estão acampados no local. Na área de Camping, barracas, duchas e um espaço wellness para cuidados com a saúde e bem-estar ficam à disposição do público. Para os campuseiros, perder a noção do tempo é bastante comum. São cinco dias totalmente imersivos, em um ambiente propício para a inovação, troca de conhecimento e novos negócios.   

A palestra de abertura foi com o físico Ivair Gontijo, brasileiro que trabalha na NASA. Nascido no  interior de Minas, hoje mora em Los Angeles e é diretamente ligado às missões de exploração em Marte, como os projetos que levaram o veículo Curiosity ao planeta. Ao falar de sua trajetória, revelou que o trabalho nas fazendas do interior aguçaram sua curiosidade e interesse pela carreira científica. Vendo toda aquela imensidão do céu estrelado, ficava curioso para descobrir tudo o que havia ali.

Economizou dinheiro, foi para Belo Horizonte onde iniciou os estudos. Após anos de dedicação, bateu na porta da Nasa. Não uma, mas várias vezes, até conseguir um primeiro contato que mais tarde o traria a vaga na maior empresa de engenharia espacial do mundo.

Em conversa com o Hypeness, falou sobre a possibilidade da chegada do homem à Marte.

“Difícil dizer quando. Temos muitos desafios para resolver. Como vamos produzir oxigênio, como vamos produzir comida? É muito complexo. Isso ainda vai demorar algumas décadas”

Ivair sempre se interessou pela área. Mas revelou que no início, não imaginava voar tão alto.

“Quando eu ainda morava na cidadezinha de Moema, eu não imaginava isso. O pessoal não dizia que a gente podia ter sonhos. Mas quando mudei para Los Angeles, isso foi ficando mais perto.”

Ivair surpreendeu quando perguntamos sobre extraterrestres e suas possíveis visitas no planeta Terra. Diferente das histórias que ouvimos sobre as informações super ultra confidenciais da NASA, o mineiro se mostrou cético sobre o assunto.  

“Eu sou cientista e engenheiro . Pra mim, precisa ter evidências reprodutível. Uma coisa tão extraordinárias, precisa de evidência extraordinárias e eu ainda não vi isso.”

A Campus Party acontece até o próximo sábado (16). O evento espera receber cerca de 120 mil pessoas e contará com 900 palestras.

 

Publicidade

Fotos: Campus Party, Nasa, Rafael Oliver e Reprodução


Rafael Oliver
Publicitário de formação, com passagens por grandes agências, também atua por vocação na área da comédia. É redator, roteirista e humorista . Encontrou em San Diego, na Califórnia, seu segundo lar. Está sempre por lá. Vive uma busca incessante por novas experiências. E está longe de parar.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Escola substitui advertências e suspensões por yoga e o resultado é o melhor possível