Inspiração

Este garotinho de 7 anos está prestes a se tornar a criança mais rápida do mundo

por: Redação Hypeness

Pouca idade não quer dizer nada para Rudolph ‘Blaze’ Ingram, de apenas 7 anos. Natural de Tampa, nos Estados Unidos, ele pode se tornar a criança mais rápida do mundo.

O treinamento de Blaze para corrida começou quando ele tinha somente quatro anos. Desde então, o menino evoluiu tanto que deixa para trás até mesmo atletas de mais idade.

Ele não se limita a praticar somente um esporte: a fama do prodígio começou quando o astro na NBA LeBron James compartilhou um vídeo em que o garoto mandava ver durante uma partida de futebol americano, há cerca de seis meses.

Sua atuação já conquistou mais de 350 mil seguidores no Instagram, onde sua conta é mantida pelo pai, Rudolph Ingram, que é técnico de futebol americano. Além de ajudar o menino nos treinamentos, ele faz questão de se certificar que o filho também vai bem na escola – e uma publicação recente nas redes mostra com orgulho um boletim repleto de notas A e B.

Blaze recentemente completou os 100 metros em apenas 13,48 segundos, conquistando o primeiro lugar em uma competição com outros atletas de sua faixa etária da União Atlética Amadora, dos Estados Unidos. Na corrida de 200 metros, o desempenho do menino não deixou a desejar e ele conquistou o segundo lugar. Os últimos dois eventos da organização renderam 36 medalhas ao garoto, sendo 20 delas de ouro.

O recorde na corrida de 100 metros rasos pertence ao jamaicano Usain Bolt, que atingiu a marca em apenas 9,58 segundos, em 2009. Alguma dúvida de que ele já tem um competidor à altura?

Leia também: Robert Plant se encanta com baterista japonesa de 8 anos tocando clássico do Led Zeppelin

Publicidade

Fotos: Blaze The Great/Reprodução Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Antes de morrer, chimpanzé de 59 anos se emociona ao reconhecer primeiro cuidador