Arte

‘Macaco cidadão’? Samuel Rosa corrige fã que sugere racismo ao confundir letra do Skank

por: Redação Hypeness

“Macaco cidadão”? Não. É “Pacato Cidadão”, corrigiu o cantor do Skank, Samuel Rosa.

No Instagram, o líder da banda mineira publicou um post em apoio à criminalização da LGBTfobia, atualmente em votação no Supremo Tribunal Federal.

Em seguida, um fã comentou na postagem sugerindo que Rosa não teria “envergadura moral”, digamos assim, para apoiar a causa. Motivo: a banda teria uma música racista, “Macaco Cidadão”. No entanto, essa música não existe.

“Para mim, isso tudo é frescura”, comentou. “O Skank tem uma música por nome chamado ‘Macaco cidadão’… Hoje, você chamar uma pessoa de macaco é crime. Então, para mim, isso tudo não passsa (sic) de uma frescura.”

Rosa respondeu: “PACATO cidadão. Por favor”, referindo-se ao clássico hit da banda de 1994.

View this post on Instagram

Passou da hora né? Chega! @skankoficial

A post shared by Samuel Rosa (@samuelrosaoficial) on

Veja a resposta abaixo:

Anotou aí? É “macaco” – e não “pacato”.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Artista russo se equilibra nas paredes para destacar as questões sociais de seu país