Inspiração

Nova York proíbe ‘cura gay’ e discriminação aos trans se torna crime de ódio

por: Vitor Paiva

Atualmente o Brasil parece terrivelmente desejar andar na contramão dos progressos do mundo, e enquanto por aqui os retrocessos de direitos à população LGBTQ+ ameaçam como uma sinistra sombra o país, em Nova York uma nova lei acaba de proibir a chamada “cura gay” – um suposto tratamento que em verdade funciona como tortura, psicológica e eventualmente física, para quem sofre diante dos preconceitos contra orientações e identidades sexuais diversas. O pacote de leis não se restringe a proibir a prática, mas também oferece garantias de direitos da população trans.

Protesto em Nova York contra a transfobia e pelos direitos trans

Com a proibição Nova York se junta a outros 14 estados dos EUA que determinaram a mesma lei, como New Hampshire, Califórnia, Maryland e Connecticut, entre outros. Segundo o senador democrata Brad Holyman o motivo para a proibição é tão evidente quanto contundente: “A chamada terapia de conversão é abuso infantil”, disse o senador pelo Twitter.

A lei de proteção à população trans, intitulada “Lei de Discriminação de Expressão de Gênero” torna um crime de ódio no estado de Nova York a discriminação por identidade de gênero.

“Direitos trans são direitos humanos”

A lei transforma em crime a transfobia, e também oferece garantias de moradia, emprego e repartição pública a tal fatia da população – além de facilitar processos importantes como mudança de nome e gênero em documentos.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Instrutor de paramotor espalha sementes durante voos para reflorestar sua região em SP