Ciência

Por vínculo materno, golfinho fêmea ‘de luto’ carrega filhote morto

por: Gabriela Glette

Os vínculos maternos entre mamíferos marinhos são mais fortes do que poderíamos imaginar. Em Bay of Islands – extremo norte da Nova Zelândia, uma golfinho fêmea foi vista carregando seu filhote morto pelas costas e este, provavelmente nasceu sem vida. A triste cena foi vista por membros do Departamento de Conservação do país, que afirmaram ser uma espécie de luto entre a espécie.

golfinho filhote morto capa 3

O departamento até soltou uma nota, pedindo para que as pessoas tomassem cuidado extra caso estivessem na região: “Se você estiver em Bay of Islands, por favor, tome cuidado extra com golfinhos — há um filhote morto sendo carregado por sua mãe e eles precisam de espaço. A mãe está exibindo comportamento de vínculo materno e ela precisa de espaço extra e respeito para o seu momento de luto”.

golfinho filhote morto 3

A gestação das fêmeas dura cerca de um ano e os vínculos com os filhotes se estendem por ao menos quatro anos, o que explica a forte ligação da mãe com seus filhotes. Sofrendo por ter perdido seu bebê, a mãe nadou carregando seu filhote pelas costas por vários quilômetros. Especialistas, no entanto, afirmam que esta é uma prática comum entre baleias e golfinhos.

golfinho filhote morto 1

Publicidade

Foto 1: Departamento de Conservação da Nova Zelândia

Fotos 2 e 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O que é e como atingir o ‘estado de fluxo’ e a ‘zona de produtividade’ no home office