Roteiro Hypeness

Por que vale a pena passar frio e visitar Toronto no inverno | Viaja Bi! #8

por: Rafael Leick

Publicidade Anuncie

Toronto é a principal cidade do Canadá (mesmo que a capital seja Ottawa) e um dos principais destinos turísticos do mundo. É conhecida por ter “diversidade” como lema e sobrenome, por ser agora minha cidade favorita no mundo e também… por ser muito, muito fria durante o inverno.

As temperaturas mais baixas durante janeiro, que é o mês mais frio, podem chegar a -7ºC, mas o vento pode derrubar a sensação térmica pra perto de -30ºC. Ou seja, baby, é frio pacas!

Mas por que razão eu estou mandando você enfrentar esse sacrilégio todo? Porque a cidade é incrível, vale muito a pena, é baixa temporada (então você pode conseguir bons preços de voo) e ela ainda fica cheia de atrações especiais que a gente não tem por aqui no Brasil. 😉

Uma das coisas mais legais pra mim foi conhecer os tradicionais mercados de Natal. Eles são bastante comuns na Europa e Toronto tem essa tradição importada já incorporada há muitos anos. O mais famoso deles é o Toronto Christmas Market, que normalmente acontece entre novembro e dezembro, antes do início oficial do inverno no país.

Ele é super aguardado pela população, que faz filas para visitar aos fins de semana. A dica é ir durante a semana que, além de ser mais vazio, é gratuito. 😛

Toronto Christmas Market é uma das principais atrações de Toronto no inverno - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Toronto Christmas Market é uma das principais atrações de Toronto no inverno – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Esse mercado ocupa o Distillery District, um dos bairros mais famosos e turísticos de Toronto por transformar a maior coleção de arquitetura industrial vitoriana da América do Norte, que abrigava uma destilaria, em um espaço moderno e descolado que é considerado Patrimônio Histórico Nacional do Canadá. Tá bom pra você?

A Casa Loma é um dos principais pontos turísticos de Toronto, que já recebeu filmagem de diversos filmes, sendo o mais conhecido a saga X-Men. Ela serve de cenário pra Escola de Superdotados dos filmes. Nessa época de Natal, recebe uma decoração especial, personagens de verdade e árvore de Natal gigante, além de o Papai Noel ocupar a sala de carros antigos pra fazer a diversão da molecada e tirar foto com eles (eu também entrei na fila, óvio).

Por conta do período de fim de ano, além do Toronto Christmas Market, a cidade ainda recebe diversos outros eventos de Natal, como o Aurora Winter Festival e a Cavalcade of Lights, o evento oficial que inaugura a árvore de Natal da Nathan Phillips Square, a praça da prefeitura de Toronto, com shows e fogos de artifício.

Toronto é a cidade mais diversa do Canadá e uma das mais diversas do mundo, inclusive no inverno - Foto: Tourism Toronto

Toronto é a cidade mais diversa do Canadá e uma das mais diversas do mundo, inclusive no inverno – Foto: Tourism Toronto

Por falar nessa praça, é lá também que fica a principal pista de patinação no gelo pública de inverno. As pistas, nessa época, tomam conta da cidade. Ficam espalhadas por todo canto. Tem até uma no Harbourfront Centre que faz um evento semanal chamado DJ Skate Nights, no qual você pode patinar no gelo enquanto um DJ manda ver na música, temática pra cada dia. Nessas pistas, você não paga nada pra entrar, mas pode alugar patins e acessórios, se precisar.

Pra quem curte arte, Toronto também é um prato cheio. Por ser cidade grande, tem sempre alguma coisa acontecendo nos diversos museus. Há, inclusive, dois novos museus, que abriram em 2018: o Museum of Illusions, dedicado a ilusões de ótica, e o MOCA (Museum of Contemporary Art), que abriu numa nova região da cidade.

A "Clone Table" é uma das atrações do novo Museum of Illusions, em Toronto - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

A “Clone Table” é uma das atrações do novo Museum of Illusions, em Toronto – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Ainda na parte cultural, está sempre rolando shows, grandes musicais e apresentações especiais. Duas das atrações mais esperadas acontecem anualmente durante o inverno, como tradições. Ver a Toronto Symphony Orchestra junto com um coral e cantores convidados nas performances de Messiah, é o que muita gente faz no meio de dezembro. Outra opção é “O Quebra-Nozes” (The Nutcracker), um clássico que inspira torontonianos desde 1995 por meio da performance impressionante do The National Ballet of Canada.

Mas, se você é do tipo que gosta de curtir a cidade em si, caminhar pra lá e pra cá batendo perna o dia todo, tem que conhecer o Toronto PATH. Tá preparadx pro que é isso? Imagine uma pequena cidade subterrânea, com mais de 30km de túneis, embaixo de uma das principais cidades do planeta e oferecendo lojas e serviços para as mais de 200 mil pessoas por dia. Imaginou? Pronto, então agora você conhece o PATH.

O sistema conecta, por baixo da terra, mais de 40 prédios comerciais e várias estações de metrô entre si e a algumas atrações turísticas e hotéis. O Livro dos Recordes Guinness reconhece o PATH como o maior complexo de compras subterrâneo do mundo! 😮 Maior do mundoooooooo!

PATH é a cidade subterrânea de Toronto, conectando prédios comerciais e atrações - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

PATH é a cidade subterrânea de Toronto, conectando prédios comerciais e atrações – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Toronto também serve como base pra explorar outros destinos e atrações próximas. As Cataratas do Niágara ficam a 1h30 de carro e, nessa época, recebe um festival de luzes incrível chamado Niagara’s Winter Festival of Lights. São 8km de extensão, numa trilha decorada com mais de 2 milhões de luzinhas.

Já quem curte esportes de neve, há diversas estações de esqui em Toronto e arredores. A mais conhecida, e maior, é a Blue Mountain, que fica a 2h de carro e também tem um festival de luzes próprio, o Blumination Dream Trail ou a Hockey Valley. Mas se não quiser sair da Toronto, tudo bem. Ainda dá pra praticar esqui e snowboard em dois parques dentro da própria cidade. Anote os nomes: Centennial Park e Earl Bales Park.

São várias as estações de esqui que se pode visitar a partir de Toronto - Foto: Divulgação / Hockey Valley

São várias as estações de esqui que se pode visitar a partir de Toronto – Foto: Divulgação / Hockey Valley

Essas são só algumas das atrações que a cidade oferece aos turistas nessa época. Mas, antes de ir, confira outras atrações de Toronto no inverno online. Elas incluem até festival de cerveja artesanal ao ar livre, vai vendo…

E aí? Convencidx?

Publicidade Anuncie


Rafael Leick
Criador do Viaja Bi!, primeiro e principal blog de viagens LGBT+ do Brasil. Publicitário paulistano, fez intercâmbio em Londres e lá começou a escrever sobre viagem. Trabalhou com órgãos de promoção turística da Argentina, Espanha, Reino Unido, Curaçao, entre outros, e empresas como AccorHotels. Ministrou palestras no Brasil e no Peru e foi Diretor de Turismo da Câmara LGBT do Brasil. E, claro, é pai do Lupin.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
As cavernas mágicas da Islândia mostram que este país é mesmo incrível