Agenda Hypeness

22 eventos do fervo às artes visuais para se jogar em São Paulo e no Rio

por: Gabriela Rassy

Ressacou de Carnaval, foi bb? Trata de deixar a purpurina em mãos que tem mais um pouco pela frente. Gente, mas não acaba? Não mesmo. Mas juntinho com essas rapas do tacho brilhoso vem uma leva boa de shows e festas que desabrocham nesse fim de marção. Tem exposição? Tem sim, meu bem. Tem mostra de cinema bem linda e de graça. Claro, amô. Então vem com o alongamento em dia que São Paulo e Rio não param de ferver nessa cultura maravilhosa.

Vem na minha, mas vem cá cara boua.

São Paulo

#show

Xenia França @ Sesc Pompéia
Quinta, dia 28, 21h
R$ 30 (inteira)
No show, Xênia lança um videoclipe sci-fi da canção “Nave”, no qual a sua personagem Xaniqua vive uma expedicionária espacial solitária que viaja pelo cosmos em busca de vestígios de vida em diferentes planetas. Uma viagem intergalática musical!

SP Território Black @ Sesc Vila Mariana
29 e 30 de março, às 21h; 31 de março, 18h
R$ 9 a R$ 30
O projeto traça o panorama da música negra, desde os bailes black da década de 1970 até o rap contemporâneo. Na programação que encerra o mês, a unidade convida quatro representantes – de diferentes gerações e estilos musicais – para subirem ao palco do Teatro fazendo uma trilha pensada para a ocasião. Participam: a cantora Paula Lima e os rappers Drik Barbosa, Thaíde e Kamau. A produção da apresentação é assinada pela Laboratório Fantasma, referência no cenário quando o assunto é rap e música negra.

Metá Metá @ Mundo Pensante
Sexta, 23h (show 1h)
R$ 30 a R$ 40
Metá Metá é o centro de uma nova cena musical na cidade de São Paulo, na qual artistas de um mesmo núcleo, como Romulo Fróes, Rodrigo Campos e Passo Torto, trabalham de forma colaborativa. O terceiro álbum da banda, MM3, foi gravado ao vivo em três dias e traz em sua sonoridade muita flexibilidade, dinâmica e improvisação, buscando ser fiel à sensação de êxtase, catarse e transe que o grupo transmite em seus shows.

Lazzo Matumbi @ Sesc Pompeia – Comedoria
Sábado, dia 30, 21h30
R$ 30 (inteira)
Lazzo Matumbi é uma entidade quando o assunto é música baiana. Em seus oito discos lançados, o cantor e compositor soteropolitano vai do samba ao jazz, passando pelo reggae, soul, afoxé e tantos outros batuques de origem africana que servem de base para a música feita na Bahia. Ao longo dos seus 39 anos de carreira, iniciados nos anos 70 quando se consagrou como cantor do Ilê Aiyê, Lazzo coleciona grandes sucessos como: “Alegria da Cidade”, “Do Jeito que seu Nego Gosta”, “Me Abraça e me Beija” e “Abolição”. Nos anos 90, realizou uma turnê mundial ao lado do jamaicano Jimmy Cliff. Até hoje ele encanta plateias pelo mundo com sua voz marcante e interpretações cheias de emoção, com ​groove inconfundível.

#festa

Feminine Hi-Fi @ Void Centro
Sexta, 18h
Grátis
Ei massa, que tal uma sessão inna different style? Navegando no mar da reggae music a FHF chega pela primeira vez na Void Centro, levando um set 100% vinil pro coração de SP pulsar.

Sextou na Praça @ Praça das Artes
Sexta, 18h às 23h
Grátis
Com a praça reformada e aberta lindamente para o Vale do Anhangabaú, a secretaria de cultura oferece shows, apresentações artísticas e festonas toda sexta-feira. Nesta primeira edição rola a apresentação do Quarteto de Trompetes da Escola Municipal de Música de São Paulo e a festa Calefação Tropicaos.

FlowerPower: Pilantragi 70 na Fantástica Fábrica de Cerveja @ Tarantino
Sábado, 14h
R$ 20 antecipado; R$ 30 na porta
Mais uma vez a Pilantragi nos brinda com uma festa delícia, ao ar livre e durante o dia! O tema: FlowerPower. Age of Aquarius. Liberte-se, transforme-se e seja a boa vibração que você tanto espera nesse mundo. Entre na onda, bote seu lookinho bem anos 70 com pouca roupa e vá para o baile mais transante do fim de semana.

Os Pernas de Mola encontram Yellow P & Prince HiFi @ Susi In Transe
Sábado, 22h
R$ 10
Novamente nos reunimos no Susi in transe, dessa vez recebemos o pioneiro da cidade quando se fala em reggae music no formato sound sistema JA. Yellow P operador do Dubversão sistema de som, chega com seu vasto arquivo, selecionando discos que vão dos anos 70 aos anos 90. Pra amplificar essa poderosa sessão, receberemos com seu sistema FULL POWER a equipe Prince Hifi, residente da zona leste de SP.

Desculpa O Paredão 30/03 – 12 horas de Festa @ Boulevard São João
Sábado, 16h
Grátis
Não posso nem ficar uma semana comendo direito, trabalhando, estudando, vivendo a rotina que meu corpo já pensa NOOOOOOOSSAAAAAAAAAAAAAAA. E é por isso que vai ter ressaca de Carnaval sim – e com direito à 12 horas de festa com muito paredão zangado, muita batida e fervo na rua.

CARNATUABA – Pós Carnaval com C_atuaba_: A FESTA @ Mundo Pensante
Sábado, 23h
R$ 15 antecipado; R$ 20 na porta
Esse Carnaval pode não ter tido um HINO pra chamar de seu, mas trouxe muitos hits e histórias que já estão em nosso corações. Então é hora de recordar! Separe o glitter, finja que o Carnaval não acabou e estique ele o ano inteiro <3 A dica do evento é #VenhamSelvagens.

#arte

Djanira: a memória de seu povo @ Masp
Março a maio de 2019
R$ 20 a R$ 40 – grátis às terças
A mostra individual traz um recorte amplo da obra. São trabalhos dos anos 40, quando ela começa retratando amigos e a si própria, até os anos 70, quando já tem o cunho social estabelecido. As obras tinham interesse em representar o trabalho e o trabalhador, além das modificações nas paisagens pela crescente industrialização do país. Ela representava também as religiões de matriz africana, a partir dos anos 50, quando ela viaja para Bahia.

Em Choque, com Alê Jordão, Bijari, Daniel Melim, Jaca, Mariana Martins, Rafael Silveira e TEC @ Choque Cultural – Projeto Estúdio | Itaim
De 16 de março a 03 de maio | terça a sábado, das 11h às 18h
Grátis
A exposição marca um novo momento da galeria. No ano em que completa 15 anos em atividade, a Choque Cultural consolida seu espaço na arte pública e fortalece seu manifesto embrionário por atuar no coletivo. Como um projeto híbrido, as exposições extrapolam as paredes da galeria e ocupam as vias urbanas e espaços expositivos complementares. Os artistas abrem seus estúdios e os transformam em partes do todo. É o chamado Projeto Estúdio, que na ocasião da mostra ocupa o galpão industrial onde também funciona o ateliê de Alê Jordão. Os estúdios onde criam os artistas Tec e Bijari também se juntam ao projeto, que atende ainda a uma demanda por fortalecer um canal direto entre público e criadores.

#cinema

7ª Mostra Breves e Inéditos @ CCSP
terça a domingo em três horários: 15h, 17h30 e 20h (quinta, sábado e domingo 15h30, 18h e 20h)
Grátis
Alguns filmes passam tão rapidamente pelos cinemas que deixam a sensação de que nem estrearam por aqui. Já outros nem tiveram a chance de chegar às telonas e foram lançados diretamente em DVD, Blu-ray ou streaming. A mostra dá, então, uma segunda chance para que essas produções sejam exibidas. A programação desta tradicional repescagem cinematográfica paulistana traz 28 produções, entre elas a comédia “Podres de Ricos”, que tem como principal diferencial um elenco inteiramente asiático; e o drama “As Herdeiras”, que rendeu à paraguaia Ana Brun o troféu de Melhor Atriz no Festival de Berlim em 2018.

Partidas e retornos: filme + café da manhã francês @ Reserva Cultural
Domingo, dia 31, 9h30
R$ 8
O projeto apresenta a exibição do filme inédito Oscilações (Oscillations), uma produção de Québec/Canadá com roteiro e direção de Ky Nam Le Duc, no dia 31 de março, domingo. No evento, será oferecido um café da manhã francês às 9h30, seguido de uma apresentação sobre o longa, que começa às 10h30. O filme é um drama psicológico e conta a história de dois irmãos de uma família haitiana dilacerada pelo exílio e do súbito abandono do pai. É uma trama sobre identidade, autodeterminação, o lugar dos negros na sociedade, mas também sobre espiritualidade. O longa é ousado com alto conteúdo metafórico.

 

Rio de Janeiro

#show

Gal Costa @ Circo Voador
Sexta e sábado, 22h
R$ 70 (meia solidária com 1kg de alimento ou carteirinha de estudante)
A grande voz da música brasileira está de volta ao palco do Circo! Toda perfeita, ela mostra pela primeira vez na lona seu novo trabalho: ‘A Pele do Futuro’. Produzido por Pupillo, o álbum traz a artista embalada nos anos 70, em uma onda dance music e o resultado é um discaço cheio de parcerias com novos e grandes compositores como Tim Bernardes, Emicida, Gilberto Gil e Djavan, só para citar alguns.

MAR de Música – BK’ | Aniversário do Museu de Arte do Rio @ MAR
Sexta, 18h
Grátis
A primeira edição de 2019 contará com show do rapper Bk’, artista expoente da nova cena do rap. Integrante do selo musical Pirâmide Perdida, o músico foi alçado à fama nacional em 2016 com o aclamado “Castelos & Ruínas”, seu disco de estreia. Nos pilotis do MAR, BK’ irá apresentar show da turnê do álbum “Gigantes” (2018), iniciada em janeiro deste ano. O evento ainda conta com a participação do DJ KIB, do coletivo B7DJ$.

Mariene de Castro @ Teatro Rival
29 e 30 de março | 19h30 (Sexta) e 20h30 (Sábado)
R$ 70 (Promoção para os 100 primeiros pagantes); Setor A: R$ 100 (Inteira), R$ 50 (meia-entrada) | Setor B: R$ 90 (Inteira), R$ 45 (meia-entrada),
A cantora baiana Mariene de Castro virou um ícone do samba desde que se mudou da Bahia para o Rio de Janeiro. Com sua voz, ganhou o público e serve de exemplo quando o assunto é empoderamento feminino. No show “Roda a Baiana”, ela enaltece as rodas em suas mais diferentes formas, destaca a cultura popular e resgata clássicos do repertório do samba nacional, somados às canções autorais.

Samba na Serrinha – Menino de 47 @ Casa do Jongo
Domingo, 13h às 23h
Grátis
Só se falavam da Portela, da Estação Primeira de Mangueira. Até que então, em 23 de março de 1947, nasce o Grêmio Recreativo Escola de Samba Império Serrano, fundado por um grupo de dissidentes da Escola de Samba Prazer da Serrinha. Está chegando o fim do mês e como todos sabem – no ultimo domingo tem Samba na Serrinha. E este mês iremos comemorar as 72 primaveras do glorioso Império Serrano. Faremos uma festa linda com aquele repertório digno de imperiano, e para abrilhantar a nossa festa, teremos as presenças dos mestres: Ivan Milanez, Aluízio Machado e Zé Luiz do império.

#festa

4 Anos de Isoporzinho das Sapatão @ Void Madureira
Sexta, 20h
Grátis
Pra fechar esse mês intenso que foi março com muita resistência e orgulho sapatão, elas convocam todo o rebuceteio carioca pra tirar a poeira da pochete e vir comemorar o aniversário de QUATRO ANOS DO ISOPORZINHO MAIS AMADO DO BRASIL! Vai rolar lançamento dos livros “Exuzilhar” e “Pra começar”, de Cidinha da Silva; intervenção + mic aberto do Les/Bi/Trans/A Slam; além do som rebolante das DJs Clarissa Ribeiro (lesbian house/disco music e suas vertentes) e Glaucia Tavares (“global bass periférico”).

■ Bairro Sonoro ■ Edição Tijuca @ Doninha Gastronomia
Sexta, 20h
R$ 5 a R$ 15
Bairro Sonoro é uma iniciativa de reunir música de qualidade pra galera dançar perto de casa. Conhecer o melhor da música produzida pelo seu bairro hoje em dia; ou sons originários daquele espaço que já tenham conquistado o mundo. A primeira edição rola na Tijuca, pra tocar dos clássicos de Tim Maia, Jorge Ben e Erasmo aos expoentes da música popular contemporânea como Letrux, Braza ou Marcelo Yuka.

Quando a Maré encher – A FESTA @ Rua Joaquim Murtinho, 668
Sábado, 22h
Entrada colaborativa
A equipe do Maré convida navegantes e piratas a embarcar nessa festola de resistência pra dar uma força na realização da Mostra Maré Cheia de cinema – 9ª edição! O pessoal vai vender bebidinhas para ajudar nos custos desse projeto lindo que conta com vários apoiadores, mas nenhum patrocínio. No som, para sacudir as barbatanas até o sol raiar, DJs Laura Lydia, DJ NT e Ma Teus.

#arte

Museu Nacional Vive – Arqueologia do Resgate @ CCBB RJ
Até 29 de abril
Grátis
Mostra exibe uma centena de peças resgatadas do incêndio que destruiu o prédio principal da instituição em setembro do ano passado. A exposição ocupa duas salas do segundo andar com cerca de 180 itens, entre eles 103 salvos das cinzas inteiros ou danificados.

#cinema

Warren Beatty: Uma Rajada de Charme” @ Cinemateca do MAM
25 a 31 de março
Grátis
Com a morte de James Dean, em 1955, Hollywood se desesperou por um ídolo popular juvenil à altura do ícone transviado. Surge então Henry Warren Beatty, que vinha de incursões na TV quando testou seu carisma em “Clamor do sexo” (1961). Era bonito, gestualizava improvisos, e imprimia sutileza nos diálogos. Mesmo associado à fama de garanhão, ele não deixou a pecha de mulherengo brilhar mais do que seu desejo de desafiar convenções: é a consciência valendo, à esquerda, democrata. Graças a ela, Beatty fez de Clyde Barrow, assaltante dos dias de Lei Seca, um mártir em “Bonnie e Clyde: Uma rajada de balas”, de seu amigo Penn. Nascia ali a Nova Hollywood, com engajamento ético. Provocador, Beatty virou o muso daquele movimento, emprestando charme a cineastas como Alan J. Pakula (“A trama”), Robert Altman (“O onde os homens são homens”) e Hal Ashby, com quem desmistificou seu arquétipo macho alfa em “Shampoo”, comédia de 1975 que ele transformou em sátira política. A mostra, assim, celebra os 82 anos desse astro completo – e cheio de charme.

Publicidade

Destaques:
Gal Costa por Marcos Hermes
Xênia França por Rafa Von Zuben
Lazzo Matumbi por Nathália Miranda
Pilantragi por Ariel Martini
Isoporzinho das Sapatão por Thaisa Mezzavilla


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Com a maternidade eu tive coragem de me expor’, diz Taís Araujo