Debate

Apresentador que se demitiu ao vivo já tentou suicídio por assédio moral

Redação Hypeness - 28/03/2019

Kaio Cezar pediu demissão da TV Verdes Mares durante o Globo Esporte. O ex-funcionário da afiliada da Globo no Nordeste revela que tentou suicídio por humilhação. O jornalista acionou na Justiça o grupo controlado por Edson Queiroz.

No processo, protocolado no último dia 16 de março, no Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região, em Fortaleza (CE), Cezar afirma ter sofrido assédio e enfrentado dificuldades para o exercício da profissão.

– ‘Chupa o meu p**’: Vídeo reúne relatos de assédio de quem trabalha em comunicação

Ele cita, por meio dos advogados, a situação precária em que foi enviado para a cobertura da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Segundo a defesa, o jornalista não tinha hospedagem definida ou valores de diária para alimentação.

Kaio pede mais de 3 milhões de indenização

O Mundial da Rússia foi o estopim para Kaio Cezar tentar tirar a própria vida.

“Após os eventos da Copa da Rússia, quando ainda estava viajando a trabalho, o Reclamante efetivamente tentou suicidar-se – tentativa que, felizmente, não logrou êxito -, o que não será descrito com detalhes em respeito à dor do Reclamante, por ser tema excessivamente delicado e sobre o qual ele não se abriu sequer com a sua esposa”, afirma o processo.

– Como este restaurante comandado por mulheres está ressignificando as relações de trabalho

Na Rússia, Kaio revela ter recebido ajuda de custo de R$ 10,5 mil para todo o período de cobertura. Embora tenha definido a hospedagem por meio de um aplicativo de aluguel de apartamentos, o profissional conta que foi despejado por causa dos horários desregulados e do barulho da desmontagem dos equipamentos. A Verdes Mares argumenta que ele precisava assinar um documento em Fortaleza para liberar as diárias.

O comunicador acusa o diretor de jornalismo e programação da afiliada da TV Globo, Paulo César Norões, de assédio e humilhações constantes. Kaio teria ouvido de Norões que ele estava equivocado em ter casado com a atual esposa e ter um filho com ela.

“Esse daí é um doido, pega uma mulher com um menino e faz outro nela (sic). É um doido!”, teria afirmado o diretor de jornalismo da Verdes Mares.

Kaio Cezar pede indenização pelas diárias e pagamentos que deixou de receber, além de valores por dano moral e existencial e o pagamento dos custos do processo. O jornalista exige o pagamento de R$ 3.873.399,10. O processo segue na Justiça, sem previsão de julgamento. Ele pediu demissão ao vivo em 16 de fevereiro durante o Globo Esporte, dizendo não abrir mão da dignidade e do respeito.

– Por que a diversidade faz bem para os negócios, para nós e para o futuro

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará emitiu nota em apoio ao ex-funcionário da Verdes Mares.

“A unificação das redações da TV Verdes Mares, do G1 CE, da TV Diário, do Diário do Nordeste e da Rádio Verdes Mares, além de ter colocado nas ruas mais de 30 jornalistas e radialistas nos últimos meses, gerou uma série de irregularidades trabalhistas, como jornada de trabalho extenuante, acúmulo de tarefas, desvio de funções e assédios”, diz trecho.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.