Debate

As pessoas estão entregando suas armas após massacre na Nova Zelândia

por: Redação Hypeness

A primeira-ministra da Nova Zelândia fez discurso emocionado sobre o atentado que matou 50 pessoas em duas mesquitas na cidade de Christchurch. Jacinda Ardern declarou ainda que nunca vai dizer o nome supremacista branco responsável pelo massacre.

“Ele buscou muitas coisas em seu ato de terror, entre delas a notoriedade e é por isso que você nunca me ouvirá mencionar seu nome”, salientou.

A primeira-ministra pede que não digam o nome do assassino

A mandatária pretende impedir que o atirador se torne uma ‘celebridade’ e inspire outras pessoas a fazerem o mesmo. A estratégia de Jacina Ardern surtiu efeito, já que a imagem da política de 38 anos domina a cobertura da mídia.

– Massacre em escola levou Grã-Bretanha a proibir armas em 1997

– O massacre de Suzano não pode ser colocado na conta dos videogames

– Flávio Bolsonaro apresenta projeto que flexibiliza fábricas de armas no mesmo dia do massacre de Suzano

“Eu imploro, fale os nomes daqueles que perdemos em vez do nome do homem que os levou. Ele é um terrorista. Ele é um criminoso. Ele é um extremista. Mas ele vai, quando eu falar, ser alguém sem nome”, pediu a neozelandesa em discurso.

Armas entregues

Os dias seguintes ao massacre provocaram a entrega voluntária de armas de fogo por parte da população. Os neozelandeses ainda estão sob os efeitos do massacre que matou o equivalente ao número de homicídios em um ano no país.

Nova Zelândia vai aumentar controle de armas de fogo

A polícia pediu que as pessoas procurem delegacias locais para se informar sobre o transporte seguro das armas. Existem pelo menos 1,1 milhão de armas de fogo na Nova Zelândia, ou seja, uma para cada quatro habitantes, incluindo armamentos de caça.

O governo federal garantiu a reformulação da política armamentista neozelandesa. “Em 10 dias desse terrível ato de terrorismo nós anunciamos reformas, que creio eu, trarão mais segurança para nossa comunidade”, confirmou Jacinda Ardern.

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/foto 2: Tânia Rego/EBC/Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Kim Kardashian esclarece polêmica sobre roupas de grávida para ‘disfarçar’ barriga