Tecnologia

Boneco infiltrado em vídeos infantis que ensina suicídio chega ao Brasil; saiba identificar

por: Redação Hypeness

Seu filho ou filha está assistindo um vídeo na internet quando, de repente, o conteúdo é interrompido por uma boneca de fisionomia assustadora, cabelos pretos, olhos esbugalhados e um sorriso macabro.

Trata-se da personagem Momo, motivo de preocupação dos pais e alerta das autoridades. Ela usa a intervenção para sugerir que crianças busquem objetos cortantes em casa para cometer atos suicidas.

“Se doer, não pare. Você precisa ser corajoso”.

Momo é ilustrada a partir de uma escultura japonesa de uma mulher-pássaro, exposta em 2016 numa galeria de arte em Ginza. O conteúdo começou a ser disseminado pelo WhatsApp a partir do México, mas há registros de números de telefone do Japão.

Autoridades pedem que pais parem de compartilhar imagens da boneca

Existem relatos de pais que receberam o conteúdo da boneca no Brasil via WhatsApp. O assunto alertou o Ministério Público. O Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber), do MP da Bahia, abriu investigação sobre o caso. O órgão notificou o YouTube e o WhatsApp pedindo a remoção de supostos vídeos.

Uma mãe revelou que a filha teria ficado perturbada depois de assistir aos vídeos de Momo no YouTube Kids – plataforma direcionada para crianças de até 13 anos. O YouTube declarou que até segunda-feira não havia encontrado nenhuma URL confirmando a presença do vídeo.

– Ela fotografou crianças curtindo o verão bem longe da tecnologia

– Popular na Nigéria e Brasil, app ensina iorubá para crianças: “Que a diáspora africana aprecie sua origem”

– Pega na mentira: 8 fake news que mudaram o curso da história antes da era Trump

“Além da análise automática, que existe também no YouTube convencional, no YouTube Kids, contamos com a curadoria humana feita por mais de 10 mil pessoas. Elas, basicamente, pegam o conteúdo que está disponível no YouTube e filtram os conteúdos infantis, certificando-se que, de fato, são adequados para esse público. Só então aquele conteúdo fica disponível para o Kids”, diz em nota.

Pais, não compartilhem! 

O Hypeness acessou conteúdos relacionados com a Momo no YouTube. A visualização se dava mediante concordância com as imagens a serem exibidas. O conteúdo é perturbador.

O vídeo é interrompido pelo rosto da boneca e ao fundo elementos de hipnose aumentam a sensação de temor. São versões diferentes, contudo todas elas usam uma voz distorcida para pedir que crianças busquem objetos afiados e se cortem.

Há indícios do uso da imagem para extorsão

Segundo especialistas, o pânico gerado por pais estimula o aumento do alcance da Momo. David Emm, pesquisador do Kaspersky Lab, explicou ao jornal O Globo que os pais devem estar atentos ao comportamento dos filhos e que eles precisam se sentir seguros para compartilhar experiências online.

“Estamos notando que o suposto ‘desafio’ Momo ainda tem criado pânico e histeria em toda a internet. E, à medida que o mistério em torno do desafio cresce, as chances de mais pessoas serem tentadas a assustar seus amigos ou, mais preocupantemente, usar o meme para assediar e intimidar, aumentam”.

Extorsão na Paraíba

Em 2018, uma jovem procurou a polícia paraibana depois de ter recebido mensagens de uma pessoa se passando pelo suposto perfil. A Associação Internacional de Prevenção ao Crime Cibernético informou que existe o uso da imagem boneca Momo para obter acesso aos números das vítimas por meio de grupos no WhatsApp. Eles enviam mensagens em seguida.

O YouTube Kids foi notificado pelo Ministério Público da Bahia

“A pessoa má intencionada tem acesso aos número e subtrai informações, incita suicídios ou práticas de violência, mutilação. Ainda vimos em outros casos pelo Brasil situações de assédio, que pode envolver situação de extorsão”, explicou Arnaldo Sobrinho, coordenador executivo da Associação Internacional de Prevenção ao Crime Cibernético, ao G1.

Se você receber mensagens, salve-as e procure autoridades policiais competentes. De forma alguma responda ou informe seu número de telefone.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Nokia brilha no Top 10 de celulares mais vendidos de todos os tempos