Debate

Cardeal é condenado a 6 anos de prisão por abusos sexuais contra criança

por: Redação Hypeness

O cardeal George Pell foi condenado a seis anos de prisão por pedofilia. A decisão é da Justiça australiana, que apresentou sentença na terça-feira (12). Ex-homem forte do Vaticano, o religioso respondia por abuso de crianças membras de um coral. O crime aconteceu na década de 1990.

A sentença foi proferida pelo juiz Peter Kidd, que disse que o antigo número 3 da Igreja Católica será registrado como “criminoso sexual” pelo resto da vida. O ex-chefe de finanças do Vaticano é apontado como responsável pelo abuso sexual de dois garotos em Melbourne, ambos membros do coral da Catedral St. Patrick.

“É preciso pensar na degradação e humilhação de cada uma das vítimas sentiu ao ser abusada”, declarou o juiz Kidd.

Agora condenado, Pell chegou a ser o número três do Vaticano

George Pell é o eclesiástico com a mais alta graduação já condenado por abuso sexual. Depois da atuação com arcebispo em Melbourne entre 1996 e 2001, ele foi deslocado pelo Papa Francisco em 2014 para o Vaticano. Desde então, esteve à frente da administração das finanças da Igreja Católica.

– Nome forte do Vaticano, ex-conselheiro do Papa Francisco é condenado por estupro

– 300 padres são acusados de mais de 1 mil casos de pedofilia nos EUA

– Papa admite que Vaticano submetia freiras a escravidão sexual

Pell disse que vai recorrer da decisão da Justiça australiana. A pena deve ser cumprida em regime fechado por três anos e oito meses.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sem preço tabelado, SP terá nova placa Mercosul no fim do mês