Fotografia

Consegue adivinhar em quais desses retratos as pessoas estão nuas só pela expressão?

por: Redação Hypeness

A nudez ainda é vista como um tabu em nossa sociedade e a fotografia é uma ótima maneira de explorar nossa relação com os corpos nus. Será que o fato de nos despirmos pode mudar nossa expressão? É o que questiona uma série de retratos clicados por Dylan Hamm.

Dylan é natural de Ontario, no Canadá, e se especializou em fotos documentais. Com o projeto Naked Faces, ele nos coloca frente a duas imagens bastante similares da mesma pessoa, clicadas com poucos minutos de diferença. E, embora pareçam quase idênticas, pequenos detalhes das fotografias nos revelam que há algo a mais para descobrir sobre elas.

A regra é simples: em um dos retratos, o fotografado está vestido. No outro, o sujeito está nu. 

Quem vê as fotografias não sabe qual foto foi tirada com roupa e pode deixar a imaginação solta para decobrir isso, como em um jogo de adivinhar.

Por brincar com a nudez sem nunca de fato representá-la, o projeto lembra a série Nude Portraits, do fotógrafo Trevor Christensen, que inverte a lógica dos nus artísticos e fica pelado por trás das câmeras enquanto clica pessoas com roupas.

O ímpeto para este projeto resultou de uma questão sobre a qual eu pensei durante anos. Em resumo: que nível de expressões faciais não-verbais mostramos sem estarmos conscientes delas? Eu me propus a provar a noção de que as pessoas mostram mais em seus rostos do que estão cientes“, diz Dylan em seu site.

Será que você consegue adivinhar em qual foto as pessoas estão sem roupa?

Leia também: Ensaio mostra pessoas antes e depois de começarem a praticar meditação

Publicidade

Fotos: Dylan Hamm


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Fotógrafo captura retratos de estranhos que conheceu nas ruas 25 anos depois