Debate

‘Distribuem camisinha e dizem que assédio é crime’, Alexandre Garcia não sabe o que é consentimento

por: Redação Hypeness


Alexandre Garcia foi criticado nas redes sociais por relacionar assédio com a distribuição gratuita de camisinha. “Fico pensando na perplexidade dos foliões, entre dois estímulos: primeiro, distribuem camisinhas; depois, alertam que assédio é crime”, disse em resposta ao tuíte da Polícia Militar do Rio de Janeiro. 

– Exames apontam que espancador da paisagista não tem problemas psiquiátricos

– Adolescente de 14 anos defende mulher de assédio em ônibus no Rio; veja vídeo

– MP abre inquérito para investigar Datena por assédio sexual à repórter da Band

Sim, Alexandre, assédio é crime mesmo. A fala do ex-jornalista da TV Globo causou espanto pelo aparente desconhecimento. Afinal, o uso do preservativo como instrumento de prevenção não justifica os inúmeros casos de assédio não só no período de Carnaval.

Alexandre Garcia sabe, as pessoas fazem sexo. É algo natural e com consentimento deve ser praticado. No entanto, além da gravidez indesejada, os riscos de contrair doenças sexualmente transmissíveis é muito grande sem o uso da camisinha.

O comentarista mostrou desconhecimento sobre sexo com consentimento

O Brasil sempre foi reconhecido pela excelência na luta contra o HIV. Contudo, nos últimos anos a Aids voltou a despertar preocupações de autoridades de saúde. A Unaids mostra que em 2010, cerca de 43 mil novos casos foram registrados no Brasil. 44 mil apenas em 2015. Os jovens são os mais afetados.

Por causa do bom trabalho desempenhado pela classe médica, a ideia de se tornar soropositivo parece ter ficado nos anos 1980. Não ficou. A Aids é real e o país responde por mais de 40% das novas infecções por na América Latina. A doença é causa da morte de pelo menos 15 mil pessoas por ano. Trocando em miúdos, prevenção e acesso são importantes para mudar o jogo.


O fato de portar uma camisinha na bolsa não dá sinal verde para nenhum tipo de assédio. Pelo contrário, apenas demonstra a conscientização e preocupação com uma vida sexual saudável para todos.

O Brasil é um dos países mais inseguros para uma mulher viver e posicionamentos como os de Alexandre Garcia não contribuem para a mudança de pensamento em uma sociedade machista e violenta contra a mulher.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Após suicídio, precisamos falar sobre como a menstruação é tratada nas escolas