Sustentabilidade

Esta floresta é vigiada e protegida por um grupo de mulheres há 20 anos

por: Gabriela Glette

Mulheres são fortalezas, muito mais fortes e poderosas do que você algum dia imaginou. Um grupo de 75 voluntárias tem passado todos os dias dos últimos 20 anos patrulhando uma floresta de 75 hectares na Índia, com o objetivo de protegê-la contra lenhadores e contrabandistas de madeira. Tudo começou em 1999, quando um forte ciclone devastou a região de Odisha, próxima ao Golfo de Bengala. Milhares de pessoas morreram, perderam suas casas e todos os seus pertences, porém uma pequena aldeia próxima a esta floresta passou ilesa à tragédia e o motivo era justamente a floresta.

guardiãs da floresta 2

O mangue protegeu as pessoas do ciclone e foi então que eles perceberam que tinham uma obrigação moral de cuidar desta floresta. A tarefa de vigiar, portanto, ficou para as mulheres. Charulata Biswal – de 52 anos, é uma destas mulheres e todos os dias se lembra o motivo que a fez estar ali: “Percebemos que foi por causa da floresta sobrevivente que ainda estávamos vivos. Por isso nos comprometemos a proteger a floresta em troca e restaurar a biodiversidade”.

guardiãs da floresta 3

Fortes e determinadas a proteger este patrimônio natural, elas garantem que seus assobios e olhares severos, fazem os lenhadores irem embora sem questionar, afinal, eles também sabem que estão errados. No fundo eles sabem. Nós nos espalhamos pelas florestas e sopramos assobios. Qualquer um com a intenção de prejudicar a biodiversidade local foge ao ouvir nosso assobio e bater nossas varas nos troncos das árvores“.

guardiãs da floresta 1

Ao longo dos anos, as guardiãs da floresta capturaram várias pessoas cortando árvores ilegalmente na floresta e apresentaram vários processos criminais contra elas. Em algumas ocasiões, tiveram que usar seus bastões para ameaçar os contrabandistas de madeira para sair, mas hoje em dia, graças aos telefones celulares, chamar reforços em caso de problemas é mais fácil do que nunca. Natural para elas, que enxergam a floresta como uma extensão de suas próprias casas. Elas compreenderam tudo!

Publicidade

Fotos 1 e 2: Facebook

Foto 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Já existe um pub 100% dedicado a cerveja e petiscos veganos em Londres