Tecnologia

Este app permite que você apague o ex e fotos que não quer apagar do feed

por: Vitor Paiva

Publicidade Anuncie

Se tocar a vida após o fim de um relacionamento já era uma tarefa das mais árduas, em especial se o final não foi amistoso, hoje em tempos de rede social registrando todas as nossas memórias, superar o luto pode ser ainda mais difícil. Toda nossa vida costuma estar documentada nas redes, incluindo momentos de alegria com a pessoa outrora amada. Um novo serviço online surgiu para facilitar tal processo, e evitar o ritual comum de ter de apagar coleções de fotos a fim de atravessar o momento de separação.

O nome não poderia ser mais preciso: Edit My Ex, ou Edite meu ex. O serviço, portanto, é literal: a empresa remove com precisão cirúrgica o ex-namorado ou a ex-namorada daquelas fotos das quais não se quer abrir mão. Para contratar o serviço basta subir as fotos na plataforma, explicar com clareza quem você quer que seja apagado, e pagar 11,90 dólares pelo serviço. Em 48 horas, como algo saído diretamente do filme Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças, a imagem estará devidamente editada.

Acima, a foto original; abaixo, depois do “tratamento” 

O serviço nasceu quando Mark Rofe, criador do Edit My Ex, prestou tal ajuda a um amigo, e viu sua imediata felicidade – com a vantagem de que a foto original permanece, se a pessoa se arrepender ou se acontecer uma volta, em seu arquivo pessoal. Há um desconto considerável pela edição de múltiplas fotos, mas em casos de imagens de difícil edição – como uma metáfora para relacionamentos mais difíceis de serem “apagados” da memória – o dinheiro pode ser devolvido.

Publicidade Anuncie

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Restaurante japonês cria sushi 3D baseado no seu DNA e que faz bem para você