Debate

Filha de Emerson diz não ver pai há 3 anos: precisamos falar sobre abandono parental

por: Redação Hypeness

Com 21 anos, Karolayne afirma não ver o pai há três anos. Ela é filha de Emerson, ex-capitão da seleção brasileira. A revelação foi feita em um programa da emissora italiana Canal 5.

“É muito difícil pra mim estar aqui hoje, porque eu não falei com ele durante esses anos. Para mim, falar sobre isso me dói muito. Faz três anos que não vejo meu pai. Passei o Natal com ele no Brasil e o Ano Novo com a minha mãe. Desde então, nunca mais falei com ele”, explica. Karolayne disse ainda que Emerson chegou a lhe oferecer um cargo na Fifa.

Karolayne é fruto do casamento de Emerson com Sônia, de quem se separou em 2003. O último encontro, ela ressalta, aconteceu em 2015. Os dois passaram o período de festas juntos e na companhia da atual esposa do jogador.

Emerson diz que falas da filha foram deturpadas

Em 2007, Emerson travou disputa judicial com a ex-mulher por causa do valor da pensão que o então atleta do Real Madrid deveria pagar. A Justiça estabeleceu valor de 20 mil euros para Sônia e a mesma quantia para Karolayne.

A filha do antigo meio-campo da seleção mora em Miami, nos Estados Unidos. Ela explica que os dois chegaram a se falar por telefone. “Eu disse ‘vem me ver, estou em Roma’. E ele me disse ‘vem você me encontrar, porque estou em Miami’. Mas não sei nem o endereço dele”.

Karolayne é tenista e participa de torneios desde os 16 anos. Ela está na 853ª posição do ranking da WTA. “Meu pai não gostava que eu jogasse tênis, quem me apoiava era minha mãe. Ele, como um campeão, preferia que eu estudasse. Mas eu estudo também, terminei a escola, estou na faculdade”.

– 7 dos 11 titulares da Seleção foram criados apenas pelas mães

– Filho de Edmundo, cineasta Alexandre Mortágua quer homens discutindo abandono parental, não o aborto

– ‘O único lugar lugar onde mulheres têm liberdade sexual é na cadeia’, diz Drauzio Varella

Emerson entrou em contato com o UOL dizendo que as declarações da filha foram tiradas de contexto. No entanto, ele admitiu que não se encontra com a jovem há algum tempo.

“Que a gente está há um bom tempo sem se ver é verdade, mas não porque não queremos isso. Ela disputa torneios de tênis, eu trabalho também. Com essas questões, acabou que a gente não conseguiu se ver”.

O ex-jogador revelou ter falado por mais de três horas ao telefone com a filha. Segundo ele, Karolayne teria dito que foi mal interpretada durante o programa. Emerson processará o Canal 5. 

Na nossa conversa, ela disse que foi para o programa para falar o quanto estava com saudades de mim, porque a gente não consegue se ver. Acredito que ela tenha uma influência muito ruim por trás. Pessoas que se aproveitaram desse momento frágil dela e distorceram muita coisa. Não posso controlar minha filha em tudo, posso aconselhá-la. Quem sabe isso sirva de lição para ela não confiar em todo mundo”.

O caso ressalta a importância do debate sobre abandono parental. O Hypeness publicou uma matéria evidenciando o problema no mundo do futebol. Dos 23 jogadores convocados por Tite para a Copa do Mundo de 2018, sete foram criados apenas pelas mães.

A incidência de abandono paterno não para de crescer. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentou dados em 2015 mostrando que o Brasil ganhou mais de 1 milhão de famílias compostas por mães solo em 10 anos. No estado de São Paulo, 750 mil pessoas de até 30 anos não possuem o nome do pai no registro.  

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Igreja separa José e Maria em jaulas em crítica contra política de imigração