Ciência

Maconha é capaz de intensificar o orgasmo feminino, confirma estudo

por: Redação Hypeness

Cada vez mais vem se comprovando que a maconha é uma planta especial para o ser humano – capaz de trazer benefícios tão diversos quanto intensos. Da saúde à matéria-prima, a maconha parece destinada a servir de base para uma melhoria na qualidade de vida tão grande ou maior quanto foi a descoberta da penicilina. E dentre os milagres que a planta é capaz de promover, o sexo não poderia estar de fora – e um estudo recente comprova aquilo que toda usuária mais curiosa já sabe: que a maconha é capaz de intensificar o orgasmo feminino.

Não se trata de uma diferença discreta: segundo o estudo, mulheres que usam maconha com frequência, independentemente de terem utilizado a planta antes da prática sexual, possuem 2,10 vezes mais chances de alcançarem orgasmos satisfatórios em comparação as que não utilizam. o experimento, conduzido por uma equipe da Saint Louis University School of Medicine, contou com a participação de 373 participantes, dentre as quais 34% afirmaram utilizar a planta antes do sexo.

Curiosamente, o motivo apresentado para tal diferença é simples e direto: a redução da ansiedade e do estresse, e outros efeitos de desinibição que a maconha oferece. O prolongamento das sensações de prazer, a diminuição da inibição, o aumento da confiança e o desejo de experimentar novas sensações – assim como a intensificação dos sentidos – são fatores determinantes para tal resultado. Se a redução da violência ou a cura ou melhora de de males diversos não pareciam ainda bons motivos para se legalizar, que tal o aumento da chance de se atingir orgasmos?

Publicidade

© fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Gatos amam caixas pois estar dentro delas deixa-os menos estressados, aponta estudo