Diversidade

Maisa estreia no SBT debatendo bullying e bate recordes na internet “Lugar de mulher é mudando o mundo”

por: Redação Hypeness

A estreia do aguardado Programa da Maisa foi um sucesso e sopro de esperança. A apresentadora de 16 anos bateu mais 1 milhão de visualizações em apenas 24 horas no YouTube. A atração registrou 10 pontos no Ibope superando a Globo, que exibia a reprise de Sai de Baixo e o Balanço Geral da Record TV.

A boa audiência é reflexo da postura e dos temas abordados pela apresentadora. Em uma grade que insiste em banalizar a violência, debater assuntos como bullying e feminismo atraem sim interesse. Para a estreia, Maisa recebeu Fernanda Souza e Matheus Ceará. 

Maisa bombou discutindo temas atuais e importantes

“Precisamos de força, de mais pessoas apoiando nossa luta por direitos e de menos gente dizendo o que podemos ou não fazer. Lugar de mulher é mudando o mundo. Força a todas as minhas irmãs, muita luz e parabéns por chegar até aqui”, declarou Maisa.

Maisa foi sincera ao responder pergunta de Fernanda Souza sobre a relação com o corpo na adolescência.

“Sempre tive preocupação maior se está vivendo um personagem, depois desencanei disso, porque não tinha preocupação“, encerrou.

– Teoria do brilho: mulheres que apoiam mulheres são mais bem-sucedidas

– O massacre de Suzano não pode ser colocado na conta dos videogames

– Bullying, abandono e saúde mental: os verdadeiros responsáveis pela tragédia de Suzano

O Programa da Maisa foi gravado antes do massacre que vitimou 10 pessoas na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP). No entanto, a adolescente e seus convidados abordaram causas e efeitos do bullying.

Maisa fez questão de gravar uma mensagem para famílias vítimas do ataque em Suzano. “Nosso programa foi gravado antes da tragédia de Suzano, mas eu não poderia deixar de me manifestar publicamente. J fiz isso nas redes sociais, mas agora tenho esse espaço”.

Ela continuou, “que o amor, a educação e a paz prevaleçam em todo o mundo e que os jovens tenham compreensão na escola, com os amigos. Todas as pessoas têm sentimentos”.

Mais de 1 milhão de visualizações no YouTube

Matheus dividiu com o público experiências vividas quando deixou a cidade natal.  “Vim do Ceará, tinha sete, oito anos, só tinha orelha, cabeça e corpo sexo. Quando chegou na cidade uma professora de teatro, ela disse que eu não tinha perfil para fazer teatro. Mas eu agradeço ela todo dia porque se não tivesse sido ela, talvez eu não teria feito o que fiz. Com 14 anos, escrevi meu primeiro show”.

Para encerrar, o quadro Banho de Sabedoria abordou discurso de ódio nas redes sociais. “O humor não está no peso da pessoa, no corpo, está no que ela fala”, opinou Maisa.

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/SBT/foto 2: Gabriel Cardoso/SBT


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ela se apresenta no Twitter como ‘acompanhante bissexual aposentada’ e revela seus segredos