Inspiração

Mulher que pedia emprego com cartaz em semáforo consegue vaga em 5 horas

por: Vitor Paiva

Num mundo aparentemente feito só de más notícias, é surpreendente que a história tão simples quanto inspiradora da baiana Maryane Nascimento tenha terminado em um final feliz. Mas assim se deu: após viver de bico para sustentar seu filho de dois anos, e de dias inteiros entregando currículos sem que a vaga de trabalho surgisse, ela decidiu ir para um semáforo em Juazeiro. Em suas mãos, um cartaz onde se lia: “Estou precisando de emprego. Poderia me ajudar?”. A baiana de 23 anos permaneceu no sinal por 5 horas.

Maryane no semáforo com seu cartaz…

O cartaz também trazia seu telefone, e ao longo das horas foram centenas de telefonemas, mais de 400 mensagens no WhatsApp – que culminaram em entrevistas de emprego e, enfim, em um trabalho, como vendedora em uma madeireira local. Maryane trabalha agora no setor de vendas, com orçamento para o público, demonstrando os tipos de madeira e, segundo ela própria, “fazendo tudo direitinho”.

…e ela já em seu novo emprego

As oportunidades foram tantas com sua iniciativa, porém, que ela ainda pôde ajudar sua irmã e uma amiga a também conseguirem trabalhos. Sua irmã foi contratada como secretária de um consultório dentista e sua amiga em uma empresa de mármore. O sucesso de sua empreitada conquistou tanta gente que, na última sexta-feira, ela foi uma das convidadas do programa Encontros com Fátima Bernardes e, desde então, inspirou mais uma pessoa na cidade, o jovem Bryam Linbsay, a repetir seu gesto, com um cartaz similar. O telefone para contato de Bryam é (74) 988458993.

Bryam que, inspirado em Maryane, também está procurando um emprego em Juazeiro

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
A história por trás do recorde de passageiros num voo comercial, em 1991