Estilo

O profissional do futuro é tatuado, afirma Gloria Kalil

por: Gabriela Glette

Publicidade Anuncie

Você tem tatuagem? Quantas? Aposto que você vive ouvindo de seus pais ou daquele tio mala nos almoços de domingo que, você um dia irá se arrepender ou que nunca vai arrumar um emprego ‘sério’ por conta delas, entre outros preconceitos que a nossa geração está tão acostumada a ouvir. Porém, os tempos são outros e o mercado de trabalho precisa acompanhar as pessoas que fazem este mercado se movimentar. Segundo Gloria Kalil:o profissional do futuro é tatuado e as empresas não deveriam ter nenhuma restrição em relação à elas”.

profissional futuro tatuado 1

A jornalista, empresária e consultora diz que a nova geração de profissionais não está preocupada com o que o mundo corporativo pensa de suas tatuagens, já que este é um dos maiores símbolos dos ‘millennials’. Neste caso, quem deve se adaptar à nova realidade é o próprio mundo corporativo, que precisa começar a desconstruir certos estereótipos, que fecham as portas para excelentes profissionais, apenas pelo fato de serem tatuados: “Se a empresa quer ter à disposição todas as pessoas talentosas, ela não pode nem pensar nisso”.

profissional futuro tatuado 2

Diversos profissionais afirmam precisar esconder suas tatuagens debaixo das roupas, para não correrem o risco de serem demitidos. Preconceito ou abuso de poder? Fica o questionamento para que as grandes empresas comecem a repensar suas políticas internas, já que o profissional do futuro é, sem dúvida alguma, tatuado!

profissional futuro tatuado capa 3

Publicidade Anuncie

Fotos: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Sacolé caseiro: a maneira mais prática de de trocar a cerveja por drinks no Carnaval