Inovação

Queremos: Nuggets veganos são o mais novo lançamento do McDonald’s

por: Gabriela Glette

A cada dia que passa, a alimentação vegana nos mostra que não é apenas mais uma moda passageira. Ela veio pra ficar e prova disso é que até o McDonald’s já começou a introduzir itens especiais em seu cardápio, como o nuggets vegano, já disponível em todos os restaurantes da rede, na Noruega.

nuggets vegano 1

A maior rede de fast-food do mundo criou uma versão vegana pra lá de especial, um substituto à altura dos icônicos nuggets de frango. Trata-se de uma mistura feita de grão de bico, cenoura, batata, couve-flor, milho e cebola, com uma casquinha crocante feita de migalhas de pão. Uma opção saborosa e saudável, até mesmo para quem não é vegano.

Olha um foto da delícia aqui:

nuggets vegano 2

Já não é de hoje que os países nórdicos, como Suécia e Finlândia, vinham fabricando um hambúrguer vegetariano – o McFeast, que também pode ser pedido sem queijo, tornando-se vegano. A Suécia, que vê o número de veganos aumentar consideravelmente nos últimos anos, também possui o McFalafel vegano.

nuggets vegano 3

Johanne Kjuus, o responsável de sustentabilidade da rede, já deixou no ar a dica de que estas não serão as únicas novidades: Em 2019, a sustentabilidade é a principal tendência alimentar e, naturalmente, muitos dos lançamentos do ano são inspirados nisso. É sobre tudo, desde a embalagem até o conteúdo. Vemos, em particular, que há mais alternativas livres de carne e mais alimentos baseados em vegetais”.

Publicidade

Fotos: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Robô trans que conversa com jovens sobre gênero e sexualidade é criada pela UFMG