Debate

Sea Shepherd mostra animais sufocando com plástico para conscientizar sobre oceanos

por: Mari Dutra

Já encontraram plástico em animais que vivem a mais de 10 mil metros abaixo da superfície do mar, o diacho já foi consumido por TODAS as tartarugas marinhas e pode causar a morte de diversos bichinhos. Assim como a toninha que foi resgatada em Praia Grande com o bico lacrado pelo plástico, muitos outros seres vivos sofrem com a quantidade de plástico nos oceanos.

Pensando nisso, uma nova campanha da ONG Sea Shepherd busca conscientizar as pessoas sobre o uso excessivo de plásticos ao mostrar o sofrimento que esse material causa à vida marinha. Com imagens impactantes, a ação foi criada pelas agências Tribal Worldwide São Paulo e pela DDB Guatemala.

Tartarua sufocando com uma sacola plástica. No canto da imagem aparece a frase "O plástico que você usa uma vez tortura o oceano para sempre"

O plástico que você usa uma vez tortura o oceano para sempre

Duas fotos usadas no projeto mostram uma tartaruga e uma foca sufocando após acidentalmente colocarem a cabeça em uma sacola plástica. Os pôsteres são acompanhados da frase “O plástico que você usa uma vez tortura o oceano para sempre“, o que sugere que repensemos urgentemente nossos hábitos de consumo a fim de evitar o uso de descartáveis.

Foca sufocando com uma sacola plástica. No canto da imagem aparece a frase "O plástico que você usa uma vez tortura o oceano para sempre"

O plástico que você usa uma vez tortura o oceano para sempre

Infelizmente, uma ação pequena e impensada em nossa vida diária pode causar danos enormes à natureza sem que percebamos. Nesta campanha, pretendemos remediar isso alcançando o maior número possível de pessoas, conscientizando o público para o fato de que, com passos pequenos e fáceis, podemos garantir que cenas terríveis como essa não aconteçam ”, afirma Guiga Giacomo, diretor executivo de criação da Tribal Worldwide São Paulo.

Publicidade

Fotos: Divulgação


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Para convencer amigo a não comprar pug ele usou crânios para falar sobre crueldade animal