Inspiração

180 mil abelhas que viviam em telhado de Notre Dame sobrevivem ao incêndio

por: Gabriela Glette

No dia 15 de abril o mundo inteiro chorou por causa do incêndio de grandes proporções que atingiu a Notre Dame de Paris, uma das catedrais mais antigas do mundo. Dentre as muitas coisas que o fogo levou, três grandes colmeias de abelhas que viviam no telhado também estavam ameaçadas, porém, fruto de um milagre ou simplesmente da sorte, elas e suas casas sobreviveram.

abelhas incêndio Notre Dame 1

Colocadas no telhado do primeiro andar em 2013, pelo apicultor da igreja – Nicolas Geant, mais de 180 mil abelhas viviam na Notre Dame e seu mel era usado para alimentar os famintos. Desesperado ao ver o fogo tomar conta do monumento, assim que ele foi contido Nicolas procurou fotografias feitas com drones para verificar se as colmeias ainda estavam lá. Confirmando que as três não foram atingidas, restava saber se as abelhas ainda estavam vivas.

abelhas incêndio Notre Dame 2

Foi quando o porta voz da catedral afirmou que elas permanecem vivas, dentro de suas colmeias. Provavelmente elas foram atingidas pela fumaça, mas como as abelhas não possuem pulmão, elas não foram sufocadas. Consideradas o ser vivo mais importante do planeta, esta é ao menos uma boa notícia diante desta tragédia.

abelhas incêndio Notre Dame 3

Publicidade

Foto 1: Washington Post

Fotos 2 e 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Xuxa celebra sexo após os 50 e diz que viveu experiências novas com envelhecimento