Agenda Hypeness

24 eventos para ocupar e resistir com música e arte em São Paulo e no Rio

por: Gabriela Rassy

Essa semana não está fácil – para não falar neste trimestre todo de desgraças em sequencia. O que fazer? Ocupar e resistir. Expor o que tem que expor e não se acuar diante de tanto horror. Nesta lista linda, um acalanto semanal em São Paulo e no Rio com shows, exposições, filmes e artes que precisamos: indígena, negra, LGBTQI+, mulher. Não larga a mão de ninguém!

O rolê em SP vai de shows como Àttøøxxá, Rael, Ava Rocha e Bixiga 70 até festa feita por mulheres, por negrxs maravilhoses, por performers e por sambistas. Já o rolé no Rio tem Dia do Índio e da mulher Sambista, festa sapatona e Curumin no Galpão.

Nas duas cidades tem até domingo sessões do festival É Tudo Verdade. E tem coisa mais necessária que a verdade neste momento?

Vem na minha:

São Paulo

#gastronomia

Feijoajay @ Vila Primavera Eventos – R. Bento de Andrade, 661
Domingo, 14, das 12h às 22h
R$ 230 a R$ 280 (3º lote)
Este evento tradicional do RJ, que ocorre sempre nas quartas-feiras de cinzas chega primeira vez em São Paulo. A Feijoajay conta com feijoada a vontade, open de caipiroskas Smirnoff, DJ e música ao vivo. Além de todas essas delícias, o evento é uma oportunidade para curtir a final da competição “A Melhor Caipiroska do Brasil – Smirnoff”, que escolhe uma receita entre bares de todo o País para ser premiada como a melhor do ano.

A Tropicália levou o prêmio de melhor caipiroska do Brasil em 2018

A Tropicália levou o prêmio de melhor caipiroska do Brasil em 2018

#show

Rael Canta Vinicius de Moraes @ Auditório Ibirapuera
Sexta, 12, 21h
R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)
No espetáculo “Rael canta Vinicius de Moraes”, o músico, no violão e na guitarra, apresenta-se com Felipe da Costa na percuteria e Digão no violão e no baixo. O repertório de releituras passeia por grandes sucessos da carreira de Vinicius, canções que Rael cresceu escutando. “Tarde em Itapoã”, “Canto de Ossanha”, “O Morro Não Tem Vez”, “A Felicidade”, “Berimbau” e “Canto de Iemanjá” são algumas das que estão no set list. Também rearranjadas para este formato, algumas canções do repertório do próprio Rael ganham espaço na apresentação.

Àttøøxxá | Show de abertura: OQuadro @ Casa Natura Musical
Sexta, 12, 21h
R$ 30 e R$ 180
A banda ÀTTØØXXÁ se apresenta em sua formação completa, com Rafa Dias (DJ e produtor musical), Oz (vocal e baterista), Raoni Knalha (vocal) e Chibatinha (guitarrista), acompanhados por Léo Brown (percussão) e Tuta (percussão). No repertório, os sucessos da banda, como Tem Qi Se Jogar, Elas Gostam (popa da bunda) e Caixa Postal, e as novas três músicas lançadas neste verão: Molinho, Chora Viola e Vai Ferver.

Orquestra Jabaquara @ Comedoria do Sesc Pompeia
Sexta, 12, às 21h30
R$ 20
O repertório vai de estilos como rockabilly e jazz, ao balanço das sonoridades latinas – cúmbia e tropicalismo. Formada por 12 músicos regidos pelo maestro e produtor musical Xuxa Levy, a Jabaquara é fruto de um sonho antigo. Nesse projeto, Xuxa cria uma orquestra pop nos moldes das big bands de Duke Ellington, Quincy Jones, The Brian Setzer Orchestra, Spok Frevo Orquestra e – sua inspiração maior – a Orquestra Tabajara, criada pelo maestro Severino Araújo em 1934, na Paraíba.

Mariana Aydar, Marcelo Jeneci e Felipe Cordeiro @ Canto da Ema
Sexta, 12, 22h30
A partir de R$ 25
Os três se unirão pela terceira vez no dia 12 de abril para fazer um grande baile de forró, relembrando os grandes nomes do ritmo e tocando composições das respectivas carreiras. Uma verdadeira festa brasileira com muita dança e surpresas rítmicas de todos os lados.

Ava Rocha part. Luiza Lian | “Trança” @ Casa Natura
Sábado, 13, 22h30
R$ 20 a R$ 60
“Trança” é uma trama de múltiplos fios, um enfeite dos cabelos, uma maneira especial de produzir o pão. Trança é também o título do terceiro disco da cantora carioca Ava Rocha, uma referência ao artista plástico Tunga, que nos deixou em 2016. Tunga assinou a capa do primeiro álbum de Ava — “Diurno” — antecipando o êxito de Ava Patrya Yndia Yracema (2015).

Bixiga 70 @ Blue Note SP
Domingo, 14, 19h30
R$80 e R$40
Desde seu terceiro e último disco, lançado há três anos, o Bixiga 70 fez mais de cem shows ao redor do mundo. Tocou em festivais como Glastonbury, North Sea Jazz Festival, Roskilde, Womex, Jazz à Vienne, Womad Australia/Nova Zelandia, fez várias apresentações na França, Bélgica, Holanda, Alemanha, Dinamarca, Suécia, EUA, Marrocos, Índia, Nova Zelândia e Austrália, sem contar os espetáculos memoráveis Brasil afora. “Quebra-Cabeça” (Deck), o quarto álbum da banda, é em boa parte fruto dessas andanças. Das trocas com músicos de diferentes países e das reflexões geradas pelos encontros da banda paulistana, situada no barro do Bixiga, com plateias tão diversas.

#festa

Sounds of Siririca convida Brisa Flow @ Fatiados Discos
Sábado, 13, 16h20
Grátis
Piso molhado, mas pode dançar. As DJs Gabi Ubaldo e Mari Boaventura, fundadoras da festa Sounds of Siririca, convidam Brisa Flow.

CresPow! @ Presidenta Bar
Sábado, 13, 22h
R$ 10 a R$ 20
A festa é um movimento que todo mês convoca artistas negros pra participarem, tocando sons que passam pelo soul, funk, jazz, Hip-Hop, Trip-Hop, Blues, Reggae, Samba, Axé, 150bpm e Trap. Todo o expoente da música negra celebrada em uma noite dedicada para dançar e se descabelar em pleno centro de São Paulo!

Carlos Capslock Entra Numas de Serenidade A Flor da Pelvis @ Vila dos Galpões
Sábado, 13, 23h
R$ 25 a R$ 35
Pistona eletrônica forrada de artes visuais, performances e projeções. No som,:: Bloody Mary [França |Dame-Music], Dany Bany__ [ coletividade.NÁMÍBIÀ], L_cio (LIVE) ___[ DOC Records – MEMNTGN],
Layton Giordani 🇺🇸 ___[ Drumcode], MOO DJs___ AKA Badenov e Diogo Reis, Paco Talocchi___[ Carlos Capslock] e Tessuto___[ MEMNTGN]

Caverna @ Casa da Luz
Sábado, 13, 23h11
R$ 30
A caverna é pista e mais: exposições, flash tattoo, cinema, luz e projeções no casarão do século XIX. No som, indie-rock ø ø dream-pop ø ø neo-soul ø ø electro-indie ø ø indie BR ø ø lançamentos ø ø b-sides.

Samba do Sol @ Fábrica de Cerveja Tarantino
Domingo, 14, 14h
Grátis
Um mega terreno, com galpões onde funciona a Fábrica, vocês irão ver como realmente é feita uma boa cerveja e experimentar diversos sabores. Na programação, Roda de Samba • Roda de Chorinho • DJs • Feira de Artes e Exposição • 2 bares • 2 áreas de alimentação com Pizzas e churrasquinho • Área KIDS (para crianças a partir de 3 anos) • Quadra de Basquete • Banho de Mangueira pra quem chegar cedo.

Samba do Sol ocupa a Casa das Caldeiras com muita música

#arte

Tarsila Popular @ Masp
5 de abril a 28 de julho
R$ 40
Centrada na obra de Tarsila do Amaral, a exposição, de cerca de 120 trabalhos, propõe uma nova abordagem da produção da artista, em geral apresentada como parte da tradição modernista europeia. Sem ignorar os aspectos modernistas canônicos e formais de sua obra, o projeto busca enfatizar seus personagens, temas e narrativas, especialmente em relação a questões sociais, políticas, raciais e de classe, bem como chamar atenção para as aproximações com a arte popular e vernacular. Destaque para a vinda tão esperada do Abaporu para o Brasil!

Supernova Sergio Coimbra @ ArtEEdições Galeria
De 29 de março a 28 de junho | De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h. Recomenda-se agendamento prévio
Grátis
Na série inédita, Sergio Coimbra utiliza elementos do cotidiano, como alimentos, para narrar o crepúsculo de uma estrela de uma maneira nunca antes vista. São cenas que remetem a uma forte explosão de cores e elementos em colisão como uma supernova (fenômeno astronômico). Para o curador Marcello Dantas, “Esta série nos propõe a refletir sobre onde estamos na fronteira da razão e da imersão. É sobre ver coisas grandiosas nas pequenas coisas, como o universo em um grão de comida. É enxergar o planetário na dimensão de um prato e perceber a luz transformar tudo em volta”. Assim Sergio busca descobrir os mistérios do Cosmos por meio dos sentidos.

#cinema

É Tudo Verdade 2019 – 24º Festival Internacional de Documentários @ CCSP, IMS Paulista, Itaú Cultural e Sesc 24 de Maio
4 e 14 de abril
Grátis
Uma programação com os melhores documentários produzidos no Brasil e no mundo ocupa as telas da cidade. Criado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o festival exibe 66 filmes. O festival deste ano celebra a memória e a obra de dois mestres falecidos em 2018: Nelson Pereira dos Santos e Claude Lanzmann. O outro homenageado é o francês Claude Lanzmann (1925-2018), considerado um dos maiores documentaristas da história e diretor do clássico “Shoah” (1985), que levou 12 anos para ser concluído.

#teatro

Macumba: Uma Gira Sobre Poder, da Cia. Transitória (Paraná) @ Sesc Belenzinho
12, 13 e 14 de abril. Sexta e sábado, às 21h30; e domingo, às 18h30.
R$ 20
Por meio de um espetáculo afrografado e afro centrado, a Companhia Transitória convida a todas e todos para uma reflexão e uma provocação: o que é poder? Como se tem poder? É um espaço de afrografamento de poéticas cênicas e de discurso artístico, um espetáculo celebrativo e revelador. Peles escuramente acesas e memórias negras que precisam se ver e serem vistas na cena e fora dela.

Rio de Janeiro

#show

Curumin no Galpão Ladeira das Artes
Sexta, 12, abertura 18h
R$ 30 a R$ 40
Considerado um dos mais talentosos músicos e produtores de sua geração pela crítica especializada no Brasil e no exterior, Curumin apresenta em seu show, além do repertório do novo álbum, uma compilação do repertório já consagrado no circuito independente brasileiro, derivado de seus 3 elogiados álbuns: Achados e Perdidos (2003), Japan Pop Show (2008) e Arrocha (2012).

Dia da Mulher Sambista – Rodas das Mulheres @ Cinelândia
Sábado, 13, 13h
Grátis
Chegou a vez de Ivones, Jovelinas, Ciatas e tantas Marias que não podemos mais deixar de lembrar. O samba contará com a apresentação de quatro grupos: Primavera das Mulheres, É Preta, Moça Prosa, Negras Raízes, Flor do Samba entre outras participações.

Samba na Ilha da Gigóia com Samba Que ELAS Querem @ Ilha da Gigóia
Domingo, 14, 16h
Grátis a R$ 10
Uma Roda de Samba da melhor qualidade, ao ar livre como todo bom samba deve ser, numa ilha do Rio simplesmente apaixonante, com cerveja estupidamente gelada, bons drinks e o astral lá no alto.

#festa

Noite Paraense Com Silvan Galvão e Convidados @ Espaço Catete
Sexta, 12, 18h
Grátis
No comando fa música o embaixador do carimbó, Sivan Galvão e sua banda, recebendo varios convidados mais que especiais A Culinária fica por conta de Laia Marques e seus pratos típicos.

Emo Night Rio @ Jeffrey Store Tubira
Sexta, 12, 19H
Grátis
Vinda diretamente de Nova York, a festa traz na bagagem ninguém menos do que Garret Klahn – vocalista do Texas is the Reason, uma das principais bandas do movimento.

BLESS 5 Anos @ Rasta Beach – Leme
Sábado, 13, 14h
Grátis
A barraca do Rasta no Leme recebe a celebração de 5 anos da festa Bless. No som, André Sampaio (Ponto de Equilíbrio / Mandinga Beat), Dj Wagner Rasta (Seleção), Selectah Ras Loty (BLESS – Seleção), Sandro Black (ISS – Mic e Seleção) e Swami Raggaman (Angra dos Reis – Mic).

Tá tendo dancehall na rua

#arte

Dia do Índio @ Parque Lage
Sábado, 13, 9h às 18h
Grátis
Festival Cultural Indígena, feira de artesanato indígena e debates sobre a questão indígena. A energia da floresta paira sobre as árvores da bela área verde do Parque Lage e dos jardins do palacete onde funciona a EAV – Escola de Artes Visuais. Abrindo a Semana do Índio 2019, indígenas de dezenas de etnias se reúnem para entoar cânticos e danças, promover debates, expor e vender seu artesanato tradicional e fazer pintura corporal numa grande feira cultural indígena com entrada franca a adultos, jovens e crianças. Um excelente programa para o público carioca curtir em família e também para os visitantes do Rio que estarão na cidade neste final de semana.

“DeaRio”, de Marcelo Cipis @ Anita Schwartz Galeria de Arte
Abertura: 13 de abril de 2019, às 14h | Visitação pública: 15 de abril a 15 de junho
Grátis
A mostra traz mais de 40 obras do artista paulistano Marcelo Cipis, entre pinturas, desenhos, objetos, instalações, inéditos ou emblemáticos nos últimos 25 anos de sua trajetória. Esta é a primeira individual do artista no Rio de Janeiro, que integrou a 21ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1991, duas edições da Bienal de La Habana (1991 e 1994), e em 2017 expôs na galeria Spike Berlin, com curadoria de Tenzing Barshee, na capital alemã.

#cinema

Alusões Homoeróticas do Cinema Clássico @ Cinemateca do MAM
8 a 14 de abril
Grátis
A mostra faz uma retrospectiva que tem como objetivo apresentar como os diretores e roteiristas driblavam o Código Hays imposto pelos estúdios, para inserir temas como a homossexualidade. Tudo era feito de maneira implícita. São 7 filmes com ingressos gratuitos que percorre mais de 30 anos em que o código ditou as regras. São filmes de diferentes décadas de 1931 a 1971. E depois veio a tal geração da Nova Hollywood que implodiu o Código.

É Tudo Verdade 2019 – 24º Festival Internacional de Documentários @ IMS Rio e Estação Net Botafogo
8 e 14 de abril
Grátis
Uma programação com os melhores documentários produzidos no Brasil e no mundo ocupa as telas da cidade. Criado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o festival exibe 66 filmes. O festival deste ano celebra a memória e a obra de dois mestres falecidos em 2018: Nelson Pereira dos Santos e Claude Lanzmann. O outro homenageado é o francês Claude Lanzmann (1925-2018), considerado um dos maiores documentaristas da história e diretor do clássico “Shoah” (1985), que levou 12 anos para ser concluído.

3º Encontros de Cinema do Itaú Cultural @ Espaço Itaú de Cinema Botafogo
Dias 15 e 16 (segunda-feira e terça-feira) de abril, a partir das 15h30
Grátis
Com o tema geral Plataformas digitais: Cinema em Mutação, os participantes da terceira edição deste evento debatem assuntos como o surgimento e o desenvolvimento de plataformas digitais audiovisuais, o cinema e suas novas formas de ver e de representar, a produção de séries e o cinema independente. É a primeira vez que Encontros de Cinema, acontece fora da sede do instituto em São Paulo. O Rio de Janeiro é a cidade natural para recebe-lo, uma vez que se trata de um dos mais importantes e tradicionais centros de criação e produção audiovisual do país.

Publicidade

Destaque interno: Crespow


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Não estamos sabendo lidar com o novo trailer do live-action de ‘A Dama e o Vagabundo’