Sustentabilidade

Caçador ilegal é pisoteado por elefante e devorado por leões na África do Sul

por: Redação Hypeness

Depois de ser pisoteado por um elefante, um caçador de rinocerontes acabou comido por um grupo de leões. O caso aconteceu no Parque Nacional Kruger, na África do Sul.

Inicialmente, um grupo de caçadores disse que o colega havia sido devorado por um elefante. Notificada pelos parentes do homem na terça-feira, a guarda florestal descobriu, na quinta, um crânio humano e um par de calças.

O parque sofre com invasões ilegais de caçadores

“Entrar no Parque Nacional Kruger ilegalmente e a pé não é (uma decisão) inteligente”. Há muitos perigos e esse incidente é prova disso”, declarou a direção do parque.

– Entenda o que está levando leões a matarem caçadores na África do Sul

– Leão branco raro leiloado para caçadores mobiliza ativistas do mundo todo; ajude

– Caçadores invadem reserva de rinocerontes e acabam devorados por leões

Os administradores explicam que o Parque Nacional Kruger é alvo constante de caçadores ilegais. Eles invadem a propriedade para matar rinocerontes e vender seus chifres em países da Ásia, onde existe a crença sobre possíveis propriedades medicinais.

No aeroporto de Hong Kong, autoridades apreenderam o maior chifre de rinoceronte em cinco anos. O objeto é avaliado de R$ 8,14 milhões.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Atriz que interpreta Eleven, de ‘Stranger Things’, lança cosméticos veganos