Ciência

Cachorra tem dentes e salivação onde deveria ser a orelha

por: Vitor Paiva

A cadela Toad, de 5 anos de idade, nasceu com uma rara e complicada condição: por conta de um desalinhamento no crânio, no lugar de sua orelha direita ela possui uma boca. Apesar de possuir dentes e produção de saliva, a boca não “funciona” nem é capaz de se movimentar. Por conta de tal condição, Toad possui baixa audição e senso auditivo prejudicado, assim como problemas de visão – mas sua segunda boca já não lhe causa mais nenhuma dor.

A cadelinha Toad

Os dentes foram cirurgicamente extraídos, e Toad foi adotada pela fundadora do Animal Welfere Shelter de Oklahoma, nos EUA, onde a cadela foi descoberta, Heather Hernandez. “Ela inicialmente mostrou muita agressão mas depois que eu e ela ficamos unidas, todo esse comportamento sumiu”, disse Hernandez. “No exame inicial, nosso veterinário pensou que ela tinha orelhas extras. Mas depois que nós a sedamos para uma cirurgia descobrimos que ela tinha apenas uma orelha e duas bocas”, concluiu.

Detalhes da “segunda boca” de Toad

 

Segundo Hernandez, a adaptação de Toad à sua casa vem sendo positiva, com inclusive a compreensão dos outros cães que vivem por lá – e que já compreenderam, de acordo com a tutora, que ela precisa de atenção especial, diante do forte laço criado entre a cadela e Hernandez. Nós certamente não podemos esquecer que a segunda boca pode causar complicações futuras, mas tudo bem, nós podemos seguir um dia de cada vez”.

Hernandez e Toad

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Lua azul e eclipse estão entre fenômenos astronômicos importantes de 2020