Arte

Colégio cristão dos EUA censura nudez em livros de arte. E isto é ridículo

Gabriela Glette - 29/04/2019 | Atualizada em - 30/04/2019

Nos Estados Unidos, alunos do colégio cristão Pensacola Christian College aprendem (ou desaprendem?) arte com livros censurados. Segundo o site da escola, a instituição é equipada para compartilhar Cristo através das artes visuais, música e desempenho dramático. Para isso, uma tarja preta foi colocada sobre reproduções com nudez, tapando órgãos sexuais e seios femininos.

colégio cristão censura livro 1

O corpo nu é um dos motivos mais retratados e antigos na história da arte, aparece inclusive em esculturas pré-históricas. Essa representação, que resistiu até a períodos mais sombrios, como a Idade Média, no entanto, vem sendo censurada em pleno 2019. Como se fosse possível estudar história da arte, sem clássicos como a escultura de Davi – de Michelangelo ou, os milhares de quadros espalhados em museus do mundo inteiro, em suas formas originais.

colégio cristão censura livro 2

Quem compartilhou as fotografias do livro inteiro sendo censurado foi um aluno do colégio, inconformado com este sacrilégio. A negação da história é uma tática conhecida e comum entre a maioria das religiões e isto é um verdadeiro desserviço. Nem a Mona Lisa resistiu à censura, aparentemente por ter um decote muito provocativo. Toda escola deveria ser livre para ensinar o que quiser, inclusive, que a censura é a maneira mais eficaz de criar cidadãos alienados.

colégio cristão censura livro 3

colégio cristão censura livro 4

colégio cristão censura livro 5

colégio cristão censura livro 6

colégio cristão censura livro 7

colégio cristão censura livro 8

colégio cristão censura livro 9

colégio cristão censura livro 10

colégio cristão censura livro 11

Publicidade

Fotos: scopecreepstudio


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Cores de Almodóvar: a força das cores na estética da obra do diretor espanhol