Sustentabilidade

Curitiba libera plantio de hortas nas calçadas. E é hora de espalharmos essa ideia

11 • 04 • 2019 às 17:06
Atualizada em 08 • 07 • 2019 às 12:48
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A Prefeitura de Curitiba anunciou que irá apoiar uma iniciativa que deveria ser praxe não só em todas as cidades, como em todos os edifícios do país: o cultivo de hortas nos canteiros e calçadas curitibanas. Segundo o prefeito Rafael Greca, a ideia é regulamentar a prática das hortas comunitárias ainda em sua gestão, e criar uma nova regulamentação que estimule a agricultura urbana, ofereça segurança jurídica e ainda possa mediar conflitos entre os cultivadores das hortas e as vizinhanças.

O prefeito de Curitiba junto com uma chef em projeto pelas hortas

Pois, para espanto geral, alguns responsáveis por hortas comunitárias na cidade que foram recebidos por Greca já haviam sido denunciados por moradores por “cultivo de hortaliças em espaço público”. O prefeito afirmou, no entanto, que as sanções serão suspensas enquanto um novo projeto de lei será feito para regulamentar tais práticas. “A agricultura urbana é uma tendência mundial, a humanidade tem que se voltar de novo para terra e para o arado”, disse o prefeito.

Horta em canteiro do bairro Cristo Rei

Como a lei atual não prevê o uso dos canteiros de grama e outros espaços públicos urbanos de terra para tal prática, a fiscalização acaba por ter de punir quem pratica o cultivo nesses locais. Além de alimentos, em diversas das iniciativas na capital paranaense – como nas hortas comunitárias dos bairros Cristo Rei e Hugo Lange – são cultivadas plantas que ajudam no combate à poluição. “Se Burle Marx, meu amigo e grande paisagista brasileiro, fosse vivo, ia louvar a ideia de colocar bananeiras, ao invés de roseiras europeias, no jardim”, concluiu o prefeito.

Publicidade

© fotos: divulgação


Canais Especiais Hypeness