Diversidade

Deputado de SP diz que tiraria trans ‘aos tapas’ do banheiro. Deputada trans promete processo

por: Redação Hypeness

Erica Malunguinho (PSOL-SP) teve que aturar discurso transfóbico em plena Assembleia Legislativa de São Paulo.

A primeira deputada estadual trans eleita no estado ouviu do colega, Douglas Garcia (PSL-SP), que “se um homem que se acha mulher entrar no banheiro em que estiver minha ou minha irmã, tiro de lá aos tapas e depois chamo a polícia”.

– Erica Malunguinho: SP elege sua primeira deputada trans e isso é muito importante

Erica ouviu discurso transfóbico e ameaçador

A fala preconceituosa foi registrada logo após discurso contundente de Malunguinho em defesa da identidade de gênero em práticas esportivas. A parlamentar criticou o projeto de Lei nº 346, de 2019,  do deputado Altair Moraes (PRB-SP), que visa igualar mulheres trans a homens no esporte.

– Marielle, semente! Mulheres negras eleitas provam que luta da vereadora não foi em vão

Erica demonstrou irritação e apontou quebra de decoro parlamentar na de Douglas.

“Ademais da questão da violência que é praticada cotidianamente contra a comunidade LGBT, existe todo um processo de exclusão — no mercado de trabalho, no acesso à educação, nos espaços de sociabilidade — que é reforçado pelo discurso dele”, ressaltou.

– ‘Um homem… É f*da!’: Após chamar jogadora de trans de homem, Bernardinho se desculpa

Douglas disse que bateria em uma trans e chamaria a polícia

O PSOL declarou que vai acionar o Conselho de Ética da Assembleia Legislativa contra o deputado do PSL por quebra de decoro.

– 365 dias depois: o mecanismo que matou e protege mandantes da execução de Marielle Franco

“Um deputado parlamentar eleito deve estar envolvido na discussão de problemas urgentes e fundamentais para o estado de São Paulo, como o desemprego — que está com índices alarmantes e atinge principalmente a população preta e periférica -, como a expansão dos metrôs, como as escolas estaduais, como as inúmeras questões de saúde, de segurança pública, de transporte. Deve, ainda, envolver-se com campanhas sociais, como a melhora do funcionalismo público, ou a qualificação do trabalho dos policiais”, finalizou Malunguinho.

Ainda na mesma sessão, Douglas Garcia pediu desculpas pelo discurso de ódio.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Agente 007 será uma mulher negra. E isso é maravilhoso para o cinema