Diversidade

Editora que só publica mulheres lança livros que combatem gordofobia

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

O Prêmio Nobel foi lançado em 1901 e, desde então apenas 5% de suas premiações foram destinadas às mulheres. Para preencher esta lacuna, presente no mundo inteiro, nasceu a Quintal Edições, editora que publica apenas mulheres. E, os mais novos lançamentos da editora não poderiam ser mais pertinentes, já que falam de gordofobia e da ditadura da beleza e magreza.

editora feminista gordofobia 1

Paola Altheia – a autora do livro ‘Não sou exposição’

‘Não Sou Exposição’ é da nutricionista curitibana Paola Altheia e usa as redes sociais para discutir a cultura da magreza, a saúde, o corpo e colocar em xeque mitos sobre as dietas e corpos fora do padrão. Já ‘Fominismo’ – da jornalista francesa Nora Bouazzouni, relaciona alimentação e patriarcado, em um estudo inédito no Brasil, questionando o lugar da mulher em relação à comida. “Se lugar de mulher é na cozinha, por que isso só ocorre no ambiente doméstico e ainda temos tão poucas chefes?”.

editora feminista gordofobia 2

Nora Bouazzouni – a autora do livro ‘Fominismo’

Enquanto um livro traz a desconstrução da cultura da dieta, que é inegável e que até hoje, apesar de todo feminismo que temos, as mulheres ainda adoecem por conta disso; o outro vem com uma perspectiva ainda inédita no Brasil, fazendo uma ponte direta entre a alimentação e o patriarcado, que vai desde a agricultura e a gastronomia, explica Ludmila Fonseca, uma das editoras da Quintal Edições. Ambos trazem discussões que precisam ser colocadas em pauta e costumes que devem ser desconstruídos. Para que a sociedade seja um dia igualitária e ofereça para as mulheres todas as oportunidades que os homens têm, é preciso assumir que existe um vácuo imenso, chamado patriarcado.

Publicidade

editora feminista gordofobia 3

 

Publicidade Anuncie

Fotos 1 e 2: divulgação

Foto 3: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Em 7 anos, população que se autodeclara preta cresce 32% no Brasil