Arte

Encontraram um manuscrito com uma continuação para ‘Laranja Mecânica’

Vitor Paiva - 29/04/2019

Publicado em 1962, o livro Laranja Mecânica, do autor inglês Anthony Burgess, inicialmente causou estranhamento e espanto a respeito do experimento entre ficção científica, distopia, violência urbana e crítica social que a narrativa traz.

Quando, no entanto, foi transformado em filme pelas mãos do gênio Stanley Kubrick, em 1971, tanto a película quanto o livro se tornaram ícones de sua época – alçando a história do protagonista Alex em sua luta contra as autoridades em uma narrativa das mais influentes. Pois, de acordo com a BBC, o manuscrito para uma possível continuação do livro foi encontrado na antiga casa de Burgess.

O autor Anthony Burgess

As 200 páginas intituladas “Clockwork Condition” (“Condição Mecânica”, em tradução livre) foram encontradas em meio a outros papeis acumulados pelo autor, falecido em 1993. De acordo com a fundação que cuida do legado de Burgess, o trabalho inédito é “parte reflexão filosófica e parte autobiográfica”, tratando das polêmicas ao redor da adaptação de Kubrick, também elaborando e ampliando ainda mais as temáticas do primeiro livro.

Cenas do filme de Kubrick inspirado no livro de Burgess

Andrew Biswell, diretor da Fundação Anthony Burgess, a continuação se aprofunda no contexto da criação de “Laranja Mecânica”, fala do pânico moral que o filme provocou, e aprofunda a visão do autor “sobre crime, castigo e os possíveis efeitos destruidores da cultura visual” – temas hoje tão ou mais atuais do que quando da publicação de sua mais celebrada obra.

Publicidade

© fotos: reprodução/divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutor em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Gato Sem Rabo: livraria quer ‘desmistificar noção de que a narrativa masculina é universal’